julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 13/jul/2020 . 22:47

UFSB tem mestrado em Ciências e Sustentabilidade aprovado pela Capes

logo_-_UFSBO Campus Paulo Freire, em Teixeira de Freitas, tem mais um mestrado aprovado pela Capes.

O novo programa de pós-graduação é o Mestrado Acadêmico em Ciências e Sustentabilidade e será sediado no Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial (CFDT).

O curso é um dos aprovados na 196ª reunião do Conselho Técnico-Científico da Educação Superior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ocorrida virtualmente entre os dias 22 e 26 de junho.

Com essa aprovação, ao todo a UFSB aumenta a oferta de pós-graduação na região do Sul e Extremo Sul da Bahia, contando com o recentemente aprovado mestrado em Saúde, Ambiente e Biodiversidade, que também será ofertado no Campus Paulo Freire, e os PPGs criados anteriormente na instituição – ao todo, a instituição oferece sete cursos de pós-graduação stricto sensu no nível mestrado e dois no nível doutorado, além da oferta de cursos de especialização.

O programa é interdisciplinar e conecta áreas e perspectivas das Ciências Biológicas, Ciências Agrárias e Ciências Humans e Sociais, com 15 docentes (12 permanentes e três colaboradores), distribuídos igualmente em cada uma das três linhas de pesquisa: Relações Socioambientais; Recursos Naturais e Ambientais; Recursos Agrossilvopastoris.

:: LEIA MAIS »

Gastos com delivery crescem mais de 94% durante a pandemia

Entre os meses de abril e junho, o comportamento de consumo dos brasileiros na categoria de delivery mudou. A Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, analisou dados de mais de 160 mil usuários do aplicativo Mobills entre os meses de janeiro e maio de 2020, e constatou que os gastos com os principais aplicativos de entregas focados no delivery de comida (Rappi, Ifood e Uber Eats) cresceram 94,67% no período, ou seja, quase dobraram na comparação entre janeiro e maio de 2019.

No gráfico acima é possível notar que em março, início da quarentena no Brasil, os serviços de delivery tiveram uma queda de 16,98% em comparação a fevereiro. Para o CEO da Mobills, Carlos Terceiro, a queda no mês de março está relacionada com o medo das pessoas diante da incerteza da pandemia.

Porém depois do primeiro mês de isolamento social, os dados apontam crescimento das despesas com delivery. Em abril, o crescimento representou 60,67% em relação a março, e em maio, 39,58% em comparação com abril. “O que podemos perceber foi que o aumento no delivery ocorreu de forma balanceada e gradual à medida que outras despesas foram ficando menores, como com transporte e lazer”, analisa Carlos Terceiro.

O vendedor Nathanael Cunha, 23, usuário do aplicativo Mobills, conta que percebeu o aumento dos gastos em delivery assim que a quarentena começou. Antes, o jovem pedia delivery no máximo oito vezes no mês, na maioria das vezes aos finais de semana. Atualmente, os pedidos se tornaram mais recorrentes durante a semana e os gastos com delivery que não passavam de R$ 100, agora chegam a até R$ 200 no mês. “No início era tranquilo, mas com o tempo a gente começou a ter preguiça de cozinhar, queria comer algo diferente”, justifica.

Valor gasto por transação cresce até 90% :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia