Prefeito Herzem Gusmão em audiência com a Ministra Damares Alves. Foto: Willian Meira

Prevista para ser inaugurada no primeiro semestre de 2018, a Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) está prestes a se tornar realidade.

A unidade está sendo construída em Vitória da Conquista, no terreno de 22 mil m², no loteamento Chácaras Candeias, em um terreno doado pela Prefeitura Municipal, com investimento de R$ 22,3 milhões do Governo Federal e contrapartida do Governo do Estado.

A Case vai atender 90 adolescentes e jovens em cumprimento de internação provisória, no estado da Bahia.

Em encontro realizado no mês de fevereiro deste ano, a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, garantiu ao prefeito Herzem Gusmão, que liberou o recurso para a obra devido um pedido do chefe do executivo conquistense. “Desde o primeiro dia que tomei posse como ministra, o meu amigo, prefeito Herzem, sempre me lembra: ‘Não se esqueça de Conquista’. Por isso, logo que caiu o recurso da Petrobras [que foi recuperado através da Operação Lava Jato], liberei os 22 milhões de reais para o Centro de Atendimento Socioeducativo de Vitória da Conquista”, disse.

A Ministra, que morou em Vitória da Conquista na infância, iria realizar uma visita à obra em março, mas a pandemia ocasionada pelo coronavírus forçou a suspensão a agenda na capital do sudoeste da Bahia. Entretanto, devido a finalização da obra, o governo federal, deve ser representado pela ministra Damares Alves na inauguração da Case.