julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Internacional’

Brasil financia porto cubano

Júlio César Cardoso*

O Brasil é muito bom para com o governo cubano. Agora, para com o próprio país, falta disposição moral para resolver os nossos graves problemas.

“Em Cuba, a presidente Dilma Rousseff acaba de inaugurar o porto de Mariel, a 70 km de Havana, construído pela Odebrecht com financiamento de US$ 682 milhões do nosso BNDES. Ou seja, o dinheiro do povo brasileiro nada de braçadas no Caribe, enquanto os portos brasileiros afundam na própria infraestrutura ruim, propala a oposição. Já governistas apontam que o porto poderá ser entreposto de produtos brasileiros para os EUA e México, com a aguardada abertura comercial e o fim do embargo americano”. Fonte: Opinião & Notícia.

É lamentável que o dinheiro do contribuinte, via BNDES, vá fazer as cortes da família Castro a juros de pai para filho. As nossas defecções portuárias, rodoviárias, ferroviárias etc. não são tratadas com o mesmo empenho que o governo federal se debruça para resolver as dificuldades da ilha castrista.

:: LEIA MAIS »

Schumacher luta pela vida após acidente de esqui

340x255_1378822O alemão Michael Schumacher, de 44 anos, piloto mais vitorioso da história da Fórmula 1, continua em estado grave e luta pela vida em um hospital da França após sofrer um acidente de esqui, disseram os médicos nesta segunda-feira, 30, acrescentando ser cedo para fazer prognósticos.

“Podemos dizer que sua condição implica uma ameaça à sua vida”, disse em entrevista coletiva Jean-François Payen, anestesista-chefe do hospital CHU, em Grenoble (leste).  “Por enquanto, não podemos dizer qual é o futuro de Michael Schumacher”, acrescentou.

O neurocirurgião Stephan Chabardes disse que uma tomografia de emergência no cérebro do ex-piloto, de 44 anos, revelou hemorragias internas e várias lesões. Uma cirurgia já foi realizada para estancar o sangramento.Segundo os médicos, Schumacher foi colocado em coma induzido, mas uma segunda cirurgia não foi realizada e nem está sendo planejada a esta altura, ao contrário do que chegou a noticiar a imprensa francesa. :: LEIA MAIS »

Imprensa internacional dá destaque à volta do Flu à Série A e queda da Lusa

ole_ascensoescritorioA imprensa internacional também deu destaque ao julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que puniu Portuguesa e Flamengo. Os clubes perderam quatro pontos por terem escalado os jogadores Héverton e André Santos de forma irregular, sem terem cumprido suspensão, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

A punição alterou a tabela de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A Lusa acabou caindo, e o Fluminense escapou do descenso. O diário “Olé” deu uma pitada de crítica à situação na matéria cujo título é “Acesso de escritório”.

– A situação foi incrível. O Fluminense, que foi campeão brasileiro em 2012, caiu em 2013 depois de um Brasileirão sombrio. Mas agora, a história vai ao ridículo. A equipe do Rio, depois de perceber irregularidades na inclusão de um jogador da Portuguesa, reivindicou a perda de quatro pontos para o clube paulista. Ele foi bem-sucedida . E assim se afastou de ir para a Série B – afirmou o diário argentino, que cometeu um erro de informação – na verdade, foi a CBF quem notificou a irregularidade ao STJD, que fez a denúncia. O diário argentino ainda citou a comemoração dos torcedores. :: LEIA MAIS »

Dilma e 4 ex-presidentes viajam para África do Sul para o enterro de Nelson Mandela

presidentesO Palácio do Planalto informou que a presidente Dilma Rousseff será uma das oradoras na missa em homenagem a Nelson Mandela. A homenagem será realizada nesta terça-feira, 10, em Johanesburgo.

Antes de Dilma, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também fará discurso na cerimônia. Depois da presidente, falam o vice-presidente da China, os presidentes da Namíbia, Índia e Cuba.

Dilma embarcou nesta segunda-feira, 9, para a África do Sul ao lado dos ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. A missa em homenagem a Mandela está prevista para as 11h, no horário local (7h, horário de Brasília).

Estadão

Morre Nelson Mandela, ícone da luta pela igualdade racial

nelsonO ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela morreu aos 95 anos em Pretória, anunciou nesta quinta-feira (5) o atual presidente, Jacob Zuma. Mandela ficou internado de junho a setembro devido a uma infecção pulmonar. Ele deixou o hospital e estava em casa. “Ele partiu, ele se foi pacificamente na companhia de sua família”, afirmou o presidente. “Ele descansou, ele agora está em paz. Nossa nação perdeu seu maior filho. Nosso povo perdeu seu pai.”

Conhecido como “Madiba” na África do Sul, ele foi considerado um dos maiores heróis da luta dos negros pela igualdade de direitos no país e foi um dos principais responsáveis pelo fim do regime racista do apartheid, vigente entre 1948 a 1993.

Foram quatro internações desde dezembro. Em abril, as últimas imagens divulgadas do ex-presidente mostraram bastante fragilidade – ele foi visto sentado em uma cadeira, com um cobertor sobre as pernas. Seu rosto não expressava emoção. Em março de 2012, o ex-presidente sul-africano havia sido hospitalizado por 24 horas, e o governo informou, na ocasião, que Mandela tinha sido internado para uma bateria de exames rotineira.

Em dezembro, porém, ele permaneceu 18 dias hospitalizado, em decorrência de uma infecção pulmonar. No fim de março de 2013, ele passou 10 dias internado, também por uma infecção pulmonar, provavelmente vinculada às sequelas de uma tuberculose que contraiu durante sua detenção na prisão de Robben Island (ilha de Robben), onde ficou 18 anos preso, de 1964 a 1982. :: LEIA MAIS »

Brasil espionou diplomatas da Rússia, Irã e Iraque

Júlio César Cardoso *

Ser ou não ser santo de pau oco, eis a questão, senhora presidente Dilma Rousseff. Na seara das relações internacionais não existem inocentes, não escapa ninguém, nem o Brasil: todos são lobos em pele de cordeiro. Vejam a reportagem abaixo.

Espiões brasileiros vigiaram diplomatas da Rússia, Irã e Iraque em suas embaixadas e residências durante operações de contrainteligência da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), em 2003 e 2004, segundo reportagem publicada nesta segunda-feira (4) pelo jornal Folha de S.Paulo.

O veículo teve acesso a um relatório secreto da Abin que detalha dez operações realizadas por espiões brasileiros nos primeiros anos do governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a Folha, eles seguiram e fotografaram diplomatas russos envolvidos em negociações de exportação de equipes militares, vigiaram diplomatas iranianos para tentar identificar seus possíveis contatos no Brasil e fotografaram atividades dos iraquianos na embaixada do Iraque e em suas residências.

:: LEIA MAIS »

O governo Dilma entrou em parafuso?

Júlio César Cardoso*

Em entrevista a rádios mineiras, presidenta disse que, para disputar a Presidência da República, candidatos precisam se preparar e “estudar muito”. Petista afirmou também que intenção é governar até o último minuto. Fonte: Congressoemfoco.

Conversa fiada para boi dormir! Então, o Lula estudou muito para ser presidente? Ele estudou, sim, mas muita malandragem para trabalhar pouco e ser presidente. A presidente Dilma deveria comedir a sua oratória. É dela a seguinte declaração, dada na campanha presidencial de 2010: “É um crime privatizar a Petrobras ou o pré-sal. Isso seria um crime contra o Brasil, porque o pré-sal é o nosso grande passaporte para o futuro. Eles só pensam em vender o patrimônio público”. E o que foi feito no leilão de Libra?

A presidente tem que descer do palanque e governar o país, pois o dragão da inflação já despertou, o custo de vida está subindo e o país estagnou porque o governo se esqueceu de canalizar recursos para a produção de riquezas. Ora, um governo que não aproveitou a situação favorável para produzir riquezas, mas só se preocupou com o consumismo da população e deixou de modernizar a infraestrutura do país, tem mesmo de ser censurado nas ruas pelos jovens brasileiros.

:: LEIA MAIS »

Eliana Calmon assume comitê na ONU

A ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), tomará posse na segunda-feira (21/10) como secretária-geral do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime da Organização das Nações Unidas (ONU). A posse acontecerá durante a assembleia geral de instalação do Comitê, que acontecerá no Rio de Janeiro.

O ministro Ricardo Lewandowski, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), será o presidente do organismo, cuja missão será a elaboração de um relatório sobre a situação da violência na América Latina – a ser apresentado no 13º Congresso da ONU sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal em 2015, em Doha, no Qatar.

O encontro contará com a presença de autoridades internacionais e especialistas na questão da criminalidade em nível global. O trabalho do Comitê consistirá no mapeamento das tendências comuns no fluxo de criminalidade nas diferentes regiões da América Latina; aferição do impacto da violência na família e na comunidade; mensuração do efeito da tecnologia na segurança da população; recomendação de apoio técnico e financeiro às melhores práticas institucionais de combate ao crime; avaliação do índice de confiança da população em relação às autoridades policiais; indicação de mecanismos de pacificação para superar os riscos cotidianos que alimentam sentimentos de medo e vulnerabilidade.

:: LEIA MAIS »

Brasil é elogiado, mas fica entre 100 piores em ranking de trabalho escravo

Sexta maior economia do mundo, o Brasil ainda está entre os cem países com os piores indicadores de trabalho escravo, segundo o primeiro Índice de Escravidão Global.

O Brasil ocupa o 94º lugar no índice de 162 países (com a Mauritânia no topo da lista, apontado como o pior caso). Trata-se da primeira edição do ranking, lançado pela Walk Free Foundation, ONG internacional que se coloca a missão de identificar países e empresas responsáveis pela escravidão moderna.

Um relatório que acompanha o índice elogia iniciativas do governo brasileiro contra o trabalho forçado, apesar do país ainda ter, segundo estimativas dos pesquisadores, cerca de 200 mil pessoas nesta condição.

Segundo o índice, 29 milhões de pessoas vivem em condição análoga à escravidão no mundo; são vítimas de trabalho forçado, tráfico humano, trabalho servil derivado de casamento ou dívida, exploração sexual e exploração infantil.

:: LEIA MAIS »

Brasileiras desafiam guerra na Síria para cuidar de civis

As brasileiras Bianca Dias Amaral e Letícia Pokorny percorreram durante horas um trajeto perigoso para entrar em um país de onde 2 milhões de pessoas já fugiram: a Síria.

Com alguns meses de diferença, as duas foram ao país com o mesmo objetivo: chegar a dois hospitais na região norte para ajudar civis, vítimas da guerra ou de problemas decorrentes dela, como a escassez total de serviços básicos de saúde.

Como os dois hospitais – ambos mantidos pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) – ficavam em áreas controladas pelos rebeldes, as duas tiveram que percorrer áreas arriscadas para chegar até lá.

“Foi muito assustador. Atravessei um descampado por umas três horas e, o tempo todo, ia ouvindo os bombardeios, sem parar. Quando cheguei em uma rodovia de terra, tive de correr por uns 500 metros, sem olhar para trás”, conta Bianca, uma obstetriz de 30 anos que, para o desespero de sua família, foi para Síria em sua primeira missão no MSF.

:: LEIA MAIS »

Perereca cor de chocolate está entre novas espécies do Suriname

Cientistas anunciaram a descoberta de novas espécies de animais no Suriname, entre elas uma perereca com cor de chocolate do gênero Hypsiboas e um minúsculo besouro (Canthidium minimum), de 2,3 milímetros.

A nova espécie de besouro pode ser a menor da região e talvez a segunda menor do continente.

A expedição mais recente de pesquisadores ao país descobriu onze espécies até então desconhecidas.
BBCBrasil

Brasil avança, mas fica em 8º em ranking de democracia na América Latina

O Brasil avançou, mas permaneceu na oitava posição entre 18 países da América Latina analisados em um Índice de Desenvolvimento Democrático da região em 2013, recebendo elogios por reagir à corrupção, mas críticas por causa de seu nível de violência.

Entretanto, o ranking, organizado pela Polilat, uma empresa de consultoria política da Argentina, e pela Fundação Konrad Adenauer, da Alemanha, apontou que o índice de democracia na região como um todo caiu.

O índice foi compilado levando em conta 80 indicadores de órgãos internacionais relacionados à democracia, incluindo indicadores associados ao que define como “Democracia do Cidadão”, medindo o grau de liberdades civis e direitos políticos, e “Democracia das Instituições”, associados à construção de sistemas institucionais e políticos mais fortes.

Além disso, foram levados em conta outros indicadores que medem a qualidade do desenvolvimento social e humano na região. Embora, como em 2012, o Brasil tenha permanecido na oitava posição – na última entre os países considerados de desenvolvimento democrático médio -, sua pontuação no índice subiu, passando de 4,907 no ano passado para 5,023 neste ano.

:: LEIA MAIS »

Capa da The Economist mostra Cristo Redentor em queda livre

O Brasil foi novamente estampado na capa da importante publicação The Economist. Entretanto, dessa vez o balanço não é muito positivo. A nova edição da revista, que deve chegar às bancas hoje (26), mostra o Cristo Redentor em queda livre.

A manchete é: “o Brasil estragou tudo?”. Cabe lembrar que a imagem é praticamente uma sátira da capa de 12 de novembro de 2009, que mostrava um Cristo levantando voo como um foguete com a chamada “O Brasil decola”.

:: LEIA MAIS »

CPI da espionagem americana

Júlio César Cardoso*

Foi instalada, no Senado Federal, a CPI sobre a espionagem do governo americano em emails e telefonemas de brasileiros. O Fantástico revelou que um dos alvos foi a presidente Dilma Rousseff.

A presidente da comissão será Vanessa Grazziotin, do PC do B do Amazonas. O relator, Ricardo Ferraço, do PMDB do Espírito Santo. Foi pedida proteção policial para o jornalista Glenn Greenwald e o companheiro, David Miranda, que moram no Brasil. Foi Greenwald quem divulgou os documentos repassados por Edward Snowden sobre o sistema de espionagem. Fonte: JN.

Será que a comissão vai convocar o presidente Obama para dar explicações? Tanta coisa importante para ser tratada de interesse social e o Senado vem perder tempo e dinheiro do contribuinte com estapafúrdia CPI? Senadores, vão procurar o que fazer de útil ao país, para justificar a continuação do Senado Federal. Há poucos meses os jovens saíram às ruas para reprochar, entre outras coisas, a inoperância do inchado Congresso Nacional. Agora, os moucos senadores se lançam numa jornada estabanada em torno de um grande besteirol como se fossem um bando alucinado de Dom Quixote, tentando combater moinhos de ventos. Para isso, o PT e os chaleiristas do governo não desperdiçam os holofotes da propaganda eleitoral da presidência da República.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia