setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Política’

Pré-candidato a prefeito de Conquista, Dr. Armênio Santos, vai se filiar ao PPS

armênio santos e arthur maiaA chegada do deputado Federal Arthur Maia a presidência do PPS na Bahia vai fazer o partido voltar a ter representantes também na Assembleia Legislativa baiana.

No próximo dia 11 de março, além de Maia, devem se filiar ao partido os deputados estaduais Soldado Prisco (atualmente no PSDB) e Targino Machado, que se elegeu pelo DEM.

Segundo o deputado federal, “ao confirmar aqui minha decisão de filiar ao PPS, revigoro o meu compromisso de demonstrar na prática os meus ideais e trago comigo a vontade, os valores e os princípios de uma Bahia e um Brasil melhores”.

Conquista – Até então no partido Solidariedade, o pré-candidato a prefeito de Vitória da Conquista, Dr. Armênio Santos, vai se filiar ao PPS também no dia 11 de março e deverá comandar o partido também na capital do sudoeste.

Nova fase da Operação Lava Jato chega ao ex-presidente Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o principal alvo da 24ª fase da operação Lava Jato, realizada na manhã desta sexta-feira.

Agentes da Polícia Federal chegaram ao apartamento do petista em São Bernardo do Campo por volta das 6h para cumprir ordem de busca e apreensão emitida pelo juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, responsável pelos processos da operação em primeira instância. Além disso, Lula é alvo de um mandado de condução coercitiva (quando o investigado é obrigado a depor).

O filho do ex-presidente, Fábio Luiz da Silva, mais conhecido como Lulinha, também é um dos alvos da investigação: agentes da PF estão em seu apartamento em Moema, zona sul de São Paulo. A nova etapa da Lava Jato, batizada de Aletheia, faz referência à entidade mítica grega ligada à ‘busca pela verdade’. Segundo a PF, a operação de hoje tem relação com os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro relacionados ao escândalo de corrupção na Petrobras.

O ex-presidente é suspeito de ter recebido vantagens indevidas de empreiteiras durante e após seu mandato, como por exemplo a reforma de um sítio frequentado por ele em Atibaia e de um apartamento tríplex no Guarujá. As obras em questão teriam sido pagas pelas empresas Odebrecht e OAS.

:: LEIA MAIS »

Baiano João Santana é alvo de mandado de prisão na 23ª fase da Lava Jato

O publicitário baiano João Santana é alvo da 23ª fase da Operação Lava Jato que cumpre mandados nesta segunda-feira (22) em Salvador, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Há um mandado de prisão contra o marqueteiro responsável pelas campanhas da presidente Dilma Rousseff e da campanha da reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006. João Santana está no exterior e não foi preso.

A nova fase da Lava Jato é chamada de Operação Acarajé, que, segundo a PF, era a forma como os envolvidos chamavam dinheiro vivo. As investigações contra o marqueteiro começaram após investigadores identificaram que ele possui contas no exterior, com origem não declarada.

:: LEIA MAIS »

PT exclui Waldenor e Zé Raimundo em Conquista; escolha caberá a atual prefeito

O pré-candidato do PT para a prefeitura de Vitória da Conquista deve ser definido até março. Quem garante é o presidente estadual da legenda, Everaldo Anunciação.

O mistério em torno do nome que vai ganhar a predileção da sigla na disputa denota falta de consenso sobre quem seria a aposta para sucessão do petista Guilherme Menezes. O PT já deu a largada para as eleições municipais deste ano, ao definir 12 pré-candidatos para representar a agremiação.

Segundo Anunciação, no páreo estão Odir Freire, atual secretário de Agricultura, e Márcio Matos, dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), ligado à tendência Esquerda Popular do partido. Da disputa, foram excluídos o deputado federal Waldenor Pereira e o deputado estadual Zé Raimundo, antes citados como possíveis pré-candidatos.

:: LEIA MAIS »

Wagner tratou de doação, suspeita força-tarefa da Lava Jato

Um conjunto de mensagens telefônicas de texto recolhidas pela Lava Jato revela a proximidade do empreiteiro Léo Pinheiro, da construtora OAS, com importantes nomes ligados direta ou indiretamente ao PT e ao governo da presidente Dilma Rousseff: Jaques Wagner, ministro da Casa Civil, Fernando Haddad, prefeito de São Paulo, e Aldemir Bendine, presidente da Petrobras. Os três não são alvo da operação.

O conteúdo das mensagens mostra que o executivo, condenado a 16 anos de prisão, atuou por interesses dos petistas em episódios distintos. No caso de Wagner, os investigadores da força-tarefa Operação Lava Jato suspeitam que parte das conversas trate de doações para a campanha petista na disputa pela prefeitura de Salvador, em 2012.

O material ao qual o jornal O Estado de S. Paulo teve acesso é mantido sob sigilo em Brasília e na Justiça Federal no Paraná. Os diálogos foram obtidos pelos investigadores da Lava Jato em Curitiba e remetidos à Procuradoria-Geral da República por haver menção ao nome do ministro, que possui foro privilegiado. Até o momento, não há inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal contra ele.

:: LEIA MAIS »

TSE diz que corte de gastos diminuiu e permitirá votação eletrônica em 2016

urnaO TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou nesta quinta-feira (10) que o corte de gastos feito pelo governo federal diminuiu de tamanho, o que vai garantir a realização da votação com urnas eletrônicas nas eleições de 2016. A diferença no corte de gastos na Justiça Eleitoral de agora e o anterior é de R$ 267 milhões.

No último dia 30, uma portaria dos tribunais superiores informava que o corte de gastos feito para equilibrar o Orçamento do governo no próximo ano ameaçava a votação eletrônica. Se isso acontecesse, a votação seria novamente em cédulas de papel. A aquisição das urnas custa cerca de R$ 200 milhões.

O governo conseguiu reduzir o corte de gastos por causa da aprovação, no último dia 2, do projeto de lei que alterou a meta fiscal do Orçamento deste ano. O corte para a Justiça Eleitoral, que antes seria de R$ 427 milhões, agora será R$ 161 milhões.
:: LEIA MAIS »

Deputados Zé Raimundo e Jean Fabrício votam por aumento do ICMS

ze raimundo e fabricioA Assembleia Legislativa da Bahia aprovou ontem, quarta-feira (09), o Projeto de Lei que aumenta o valor do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de 17% para 18%, mais outros 2% para o Fundo Estadual de Combate a Pobreza.
Dos deputados que representam Vitória da Conquista, apenas Herzem Gusmão (PMDB) votou contra o aumento do imposto. Por sua vez, José Raimundo (PT) e Jean Fabrício (PCdoB), votaram a favor do reajuste do ICMS.
Dos 63 deputados, 51 participaram da votação. O projeto foi aprovado por 34 votos a favor contra 17 votos.

Partidos indicam hoje representantes na comissão que vai analisar impeachment

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Na reta final do ano legislativo, o Congresso Nacional deverá ter uma semana agitada. A Câmara começa os trabalhos com discussões sobre a formação da comissão especial destinada a analisar o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, aceito na última semana pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os partidos políticos têm até as 14h de hoje (7) para indicar os representantes na comissão, que será composta de 65 deputados titulares e igual número de suplentes.

A comissão será eleita ou referendada pelo plenário da Câmara, em reunião marcada para começar às 18h. Antes da homologação da comissão, o presidente da Câmara vai se reunir com os líderes partidários para tratar do funcionamento do colegiado. Embora os partidos tenham começado a discutir na semana passada a indicação dos parlamentares para a comissão, muitos ainda não fecharam todos os nomes.
:: LEIA MAIS »

Comissão especial sobre impeachment será instalada na segunda-feira na Câmara

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

Líderes partidários e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) fecharam hoje (3) um acordo para que todas as legendas representadas na Casa indiquem, até as 14h da próxima segunda-feira (7), os nomes de deputados que integrarão a comissão especial que vai analisar o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. A intenção é instalar o colegiado em uma sessão extraordinária marcada para as 18h. A comissão especial deve se reunir imediatamente depois para escolher, em votação secreta, o presidente e o relator do caso.

Segundo o líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), que foi o primeiro a deixar a reunião na sala de Cunha, os líderes da oposição devem estar entre os nomes indicados “já que estiveram à frente na defesa do processo de impeachment”.
:: LEIA MAIS »

Cunha aceita pedido de abertura de processo de impeachment de Dilma

cunhaaO presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou há pouco que aceitou pedido de abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O anúncio foi feito em entrevista coletiva na própria Câmara.

Cunha aceitou o pedido protocolado pelos advogados Hélio Bicudo, Miguel Reale Junior e Janaína Paschoal.

Ao apresentar o pedido, em outubro, Miguel Reale Junior informou que os juritstas usaram como argumento a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que rejeitou as contas do governo de Dilma Rousseff de 2014. Na ocasião, o tribunal analisou o atraso no repasse de recursos para a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, referentes a despesas com programas sociais do governo, o que configuraria operação de crédito, além de cinco decretos envolvendo créditos suplementares assinados pela presidenta Dilma Rousseff, sem autorização do Congresso Nacional.
:: LEIA MAIS »

Decisão do TSE fortalece Herzem como candidato da oposição nas eleições 2016 em Conquista

Da Redação

HerzemA ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, julgou favorável o Recurso Especial Eleitoral n° 418-48.2012.6.05.0040, interposto por Herzem Gusmão (PMDB), no qual pedia a improcedência da Ação de investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pelo prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes (PT) para que o peemedebista ficasse inelegível por oito anos.

Com a decisão da ministra, Herzem Gusmão, que atualmente é deputado estadual, sai fortalecido e poderá ser o candidato único das oposições em 2016 na “capital do sudoeste”, haja vista que não terá pendência judicial alguma para o pleito.

Unidade – O prefeito de Salvador, ACM Neto, em recente discurso na convenção estadual do Democratas, afirmou que os partidos oposicionistas devem marchar juntos principais cidades da Bahia nas eleições de 2016, independente do partido que venha a encabeçar a chapa, ou seja, pode ser DEM, PMDB, PSDB, PRB, SD ou outras siglas oposicionistas.

:: LEIA MAIS »

Herzem Gusmão defende rompimento do PMDB com o PT

Ulisses Guimarães 1O deputado Herzem Gusmão participou nesta terça-feira (17) do Congresso da Fundação Ulysses Guimarães (FUG) e defendeu o rompimento do seu partido com o PT, mesma posição adotada pelo presidente estadual da legenda, Geddel Vieira Lima, e pelo deputado Lúcio Vieira Lima.

“Temos de sair deste governo que está implodindo, sem sintonia com a sociedade, com denúncias e mais denúncias de corrupção”, disse o parlamentar.

De acordo com Herzem Gusmão, o PMDB nacional precisa seguir os exemplos do partido em Vitória da Conquista e na Bahia, que se opõem ao PT. “Não podemos ficar atrelados a cargos”, afirmou Lúcio Vieira Lima, em contraponto à posição do ministro Eliseu Padilha, que quer manter o partido ao lado do PT.

:: LEIA MAIS »

Correio* destaca que Herzem tem “grandes chances de vencer” de Zé Raimundo em Conquista

coluna satéliteO jornal Correio*, deste domingo (15) destacou na coluna “Satélite” a possível disputa nas eleições de 2016 entre os deputados estaduais Herzem Gusmão (PMDB) e José Raimundo Fontes (PT). Segundo Jairo Costa Júnior, que assina a coluna, três deputados estaduais de oposição estão “praticamente garantidos na sucessão do ano que vem”, entre eles Herzem Gusmão (PMDB) que “tem grandes chances de vencer em Vitória da Conquista, terceiro maior colégio eleitoral do estado.”

Guilherme Menezes perde aliados e PT conquistense se enfraquece para 2016

Da Redação

O prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes, parece viver um inferno astral, no ano que marca a véspera do fim de seu mantado.

Além de ver a ascensão ao cargo de deputado estadual de seu maior desafeto, Herzem Gusmão (PMDB), Menezes acompanha a debandada e o afastamento improvável de aliados, como o PCdoB, que já afirmou que terá candidato a prefeito em 2016 e, mais recentemente, do ex-vereador Alexandre Pereira, que está a caminho do PSB.

Após a saída do PCdoB e de políticos do PT, nesta terça-feira (10), o prefeito observou um encontro inusitado, que pode alterar a correlação de forças paras as eleições de 2016: a visita da ex-procuradora de Vitória da Conquista, Nadjara Régis, ao gabinete do deputado estadual Herzem Gusmão. Em seu facebook, Herzem destacou que Nadjara, ex-filiada ao PT, é “ um excelente quadro e poderá contribuir muito com o projeto em nossa cidade, que está sendo elaborado pela oposição”.

Frente Conquista Popular – o esvaziamento da chamada Frente Conquista Popular, composta desde o início pelo PT/PSB/PCdoB trará grandes prejuízos para o candidato petista em 2016.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia