fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

:: ‘Saúde’

Campanha de Vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda

vacinacao

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa nesta segunda-feira (6) em todo o país. A meta é imunizar mais de 11 milhões de crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos, público mais suscetível a complicações de ambas as doenças. O Dia D de Mobilização Nacional foi agendado para 18 de agosto, um sábado, mas a campanha segue até o dia 31 de agosto.
De acordo com o Ministério da Saúde, foram adquiridas 28,3 milhões de doses de ambas as vacinas – um total de R$ 160,7 milhões. Todos os estados, segundo a pasta, já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativadas Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice Viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, todas as crianças dentro da faixa etária estabelecida serão imunizadas – mesmo as que já estão com o esquema vacinal completo. Neste caso, a criança vai receber um outro reforço. A campanha ocorre em meio a pelo menos dois surtos de sarampo no Brasil, em Roraima e no Amazonas. No caso da pólio, 312 municípios registram baixas taxas de cobertura vacinal contra a doença. :: LEIA MAIS »

Coceira na pele nem sempre é uma doença dermatológica

Existem diferentes razões para o surgimento de coceira ou irritação na pele. Entre as mais comuns estão as alergias, picadas de inseto, dermatites e outras.

Mas uma doença rara e pouco conhecida pode ser a causa, especialmente em mulheres de 35 a 60 anos. Trata-se da Colangite Biliar Primária (CBP), uma disfunção hepática autoimune caracterizada por destruição progressiva dos canais biliares presentes no fígado.

“Um dos principais sintomas da CBP é o prurido, também conhecido como coceira ou comichão, sem causa aparente. A coceira excessiva surge, habitualmente, com mais intensidade à noite ou em dias quentes”, explica a médica ginecologista Patrícia de Rossi.

A especialista esclarece que existem diversas causas para esse incômodo, o que leva muitas pessoas a procurarem imediatamente o dermatologista. Porém, como o ginecologista é o médico que acompanha a saúde da mulher, pode ser o primeiro a ser consultado sobre o sintoma. “Por isso, a indicação de um exame de sangue específico, principalmente em mulheres acima dos 35 anos, é essencial”, explica.

:: LEIA MAIS »

Atendimentos de Urgência e Emergência na cidade de Poções passarão a ser realizados exclusivamente na UPA

A partir do dia 01 de agosto, todos os atendimentos de urgência e emergência na cidade de Poções serão realizados exclusivamente na UPA do município.

A mudança ocorrerá pela necessidade identificada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) de readequar os recursos destinados ao contrato com o Hospital São Lucas.

Com a nova configuração, os atendimentos de urgência e emergência do Hospital São Lucas/ Santa Casa de Misericórdia da Cidade de Poções serão realizados pela UPA, ficando para o Hospital a responsabilidade de receber gestantes no Pronto Atendimento Obstétrico, pacientes com perfil de internamento referenciados pela UPA e consultas ambulatoriais que serão pré-agendadas pela Central de Marcação do Município.

Com a readequação contratual do Hospital São Lucas, a SESAB poderá direcionar os recursos estabelecidos em contrato para demandas que são necessárias ao município, como a ampliação de procedimentos cirúrgicos, incluindo cirurgias pediátricas, cirurgias obstétricas e cirurgias gerais, passando dos atuais 17 para 80 procedimentos mensais, possibilitando maior acesso por parte da população e região.

:: LEIA MAIS »

Conquista: Campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil é antecipada

Da Redação

vacina polio sarampo

A Campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil foi antecipada em Vitória da Conquista e já está acontecendo nas unidades de saúde.

Devem se vacinar as crianças a partir de 1 ano e menores de 5 anos de idade contra as duas doenças. A Campanha nacional começa no dia 6 de agosto, sendo o Dia D em 18 de agosto.

Para imunizar os filhos, os pais devem levá-los nos postos com a carteira de vacinação.

Prefeitura de Vitória da Conquista assina contrato para início do Serviço de Controle de Zoonoses

Na manhã desta quarta-feira (18), a Prefeitura Municipal recebeu a deputada federal Tia Eron, o deputado estadual José de Arimateia e o vereador Sidney Oliveira.

O encontro teve como foco a discussão sobre o controle de zoonoses em Vitória da Conquista. Na oportunidade, o prefeito Herzem Gusmão assinou o contrato com uma clínica veterinária para implantação do Serviço de Controle de Zoonoses, ação que precede a implantação do Centro Municipal de Zoonoses.

A implantação do serviço está sendo possível graças às emendas dos deputados, pleiteadas pelo vereador. Já na próxima semana, será emitida uma ordem de serviço para que a Cliv – Clínica e Assistência Médica Veterinária, vencedora da chamada pública realizada para este fim, comece a executar o trabalho de imediato. Dessa forma, será iniciado o Serviço de Controle de Zoonoses.

O prefeito Herzem Gusmão lembra que Vitória da Conquista é a única cidade brasileira com mais de 200 mil habitantes que ainda não possui um Centro de Zoonoses. Diante disso, voltou a pedir a atenção do Poder Legislativo: “Os deputados saíram daqui felizes e alegres. Eu pedi apoio para mais recursos em Brasília, a fim de implantar o Centro de Controle de Zoonoses, na sua plenitude, como manda o figurino. A Prefeitura entrará também com recursos próprios, e assim haverá de implantá-lo. Zoonoses é saúde pública.”

:: LEIA MAIS »

Governo avalia a incorporação de medicamento para Fibrose Pulmonar Idiopática

Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI) é uma doença rara e progressiva que prejudica a capacidade pulmonar dos pacientes, apresentando taxa de sobrevida pior do que muitos tipos de cânceri.

A condição provoca o enrijecimento dos pulmões, que vão gradativamente formando cicatrizes e perdendo a elasticidade, o que compromete a função pulmonar causando falta de ar. O acesso ao tratamento adequado tem sido um grande desafio para pacientes e familiares, já que até o momento o Sistema Único de Saúde não possui um protocolo de tratamento para FPI.

Aprovado pela ANVISA em 2015, o medicamento antifibrótico Nintedanibe, tem a capacidade de desacelerar a perda de função pulmonar em até 50%ii e diminuir as crises de piora súbita, impedindo a multiplicação das células que causam a fibrose do tecido pulmonar. O Dr. Adalberto Rubin, pneumologista da Santa Casa de Porto Alegre (RS), reforça a relevância da inovação: “Trata-se do primeiro medicamento para o tratamento da FPI disponível no Brasil. Além da segurança, essa terapia representa uma opção conveniente para os pacientes com indicação de um comprimido duas vezes ao dia”.

:: LEIA MAIS »

Saúde deve receber mesma atenção que futebol, aconselha campanha sobre o Dia Nacional do Homem

Os homens devem dar à saúde a mesma atenção que dão aos jogos de futebol e aos carros, alertam mulheres no Brasil inteiro, uma vez que elas são as grandes responsáveis por estimular seus irmãos, pais, filhos e amigos a irem ao médico, segundo os próprios profissionais.

Estimular a prevenção de doenças por meio do acompanhamento de profissionais da medicina é o principal foco do Dia Nacional do Homem, comemorado domingo, dia 15.

Para o oncologista Fernando Maluf, diretor associado do centro oncológico da Beneficência Portuguesa de São Paulo, membro do comitê gestor do Hospital Israelita Albert Einstein e consultor do Instituto Lado a Lado pela Vida, que promove a campanha “Repense suas escolhas”, o maior desafio para ampliar o atendimento preventivo aos homens é aumentar o investimento em infraestrutura em todo o país, como postos de saúde e hospitais. “Muito se fala na saúde da mulher e da criança, mas ainda falta atenção ao homem”.

O médico lembra que há razões culturais para deixar o atendimento ao homem “em segundo plano”, mas que não justificam a falta de investimentos públicos. “Na nossa cultura, o homem se acha ´blindado´ a doenças por ser homem, então vai oito vezes menos ao médico que a mulher, em média. Mas isso não é motivo para a falta de investimentos públicos na saúde deles”, complementa.

:: LEIA MAIS »

Sobe para 22 o número de mortes por H1N1 na Bahia; estado tem 181 casos da doença

h1n1O número de mortes provocadas pela gripe H1N1 subiu para 22 na Bahia, segundo boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (19). Os dados são referentes a até o dia 9 de junho.

De acordo com a Sesab, até a data, foram notificados, no estado, 1.231 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 93 óbitos. Dentre esses casos, 241 foram confirmados para Influenza, sendo 181 pelo subtipo A H1N1. Vinte e dois deles evoluíram para óbito.

Ainda conforme a Secretaria, no mesmo período do ano passado foram notificados 327 casos de SRAG, com 26 óbitos. Dentre eles, 25 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de Influenza A H1N1 e nenhum óbito por A H1N1.

:: LEIA MAIS »

Após empate no STF, regra da Anvisa de proibir cigarros com sabor é mantida

Cigarro_Menta-300x200Empatou no Supremo Tribunal Federal (STF) o julgamento de uma ação contra a resolução de 2002 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que tinha como objetivo proibir a fabricação e venda de cigarros com sabor artificial. A votação terminou em cinco votos a cinco. Como não houve seis votos para derrubar a norma, que é o mínimo exigido por lei, as empresas terão de cumprir a proibição.

 O impasse ocorreu porque o ministro Luís Roberto Barroso estava impedido de participar do julgamento. Antes de ser nomeado para o STF, ele elaborou um parecer sobre o assunto. Por isso, não poderia votar agora.
A ministra Rosa Weber deu, em 2013, uma liminar suspendendo a resolução até que o processo fosse julgado em plenário. Agora, essa liminar não tem mais validade — e, portanto, a proibição voltou a ter efeito.
A Confederação Nacional da Indústria (CNI), que entrou com a ação no STF, alegou que as empresas sofrerão prejuízo milionário. A tendência é que elas comecem a buscar liminares em tribunais de instâncias inferiores para continuar produzindo e vendendo cigarros com sabor. Sem uma decisão da mais alta corte do país, os tribunais ficam livres para decidir sobre o assunto em qualquer sentido.

:: LEIA MAIS »

Tempo quente e chuvoso exige cuidados com limpeza em condomínios

Por Amilton Saraiva

fotoA proliferação do mosquito aedes aegypti, transmissor do Zika vírus, da dengue e do chikungunya é favorecido pelo clima quente e úmido, presente na maior parte do Brasil nesta época do ano. Segundo o Ministério da Saúde, é neste período que as fêmeas do mosquito encontram mais água parada para fazer a desova, com isso, o número de mosquitos aumenta e os registros das doenças transmitidas por ele também.

No caso da Febre Amarela, o que está ocorrendo em algumas localidades é um ciclo silvestre, quando um macaco infectado é picado por um mosquito (dos gêneros Haemagogus e Sabethes), e depois pica um humano não vacinado. Mas, se essa pessoa contaminada for picada pelo aedes aegypti, ele também se torna um transmissor.

O grande agravante no caso de alguns condomínios é o fato de estarem próximos a grandes reservas naturais ou terem uma área verde interna, com a livre circulação de animais silvestres, o que favorece a proliferação dos insetos. Por isso, no caso da febre amarela é fundamental se precaver com a vacinação, mas também acautelar-se com atitudes simples, que podem mudar o cenário devastador desta e de outras enfermidades! Para evitar, é necessário o combate aos criadouros do mosquito em todos os locais possíveis, e principalmente em residências de rua e condomínios residenciais, pois no caso da dengue já se comprovou que 80% dos infectados contraem a enfermidade em área residencial. :: LEIA MAIS »

Atendimento do Cartão SUS passa a funcionar no Cemae

Cartão SusO atendimento para atualização ou emissão do Cartão SUS passa a funcionar em novo local nesta segunda-feira, 8. Agora, a população deve se dirigir ao Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae), para ter acesso ao serviço. O atendimento será realizado das 7 às 17 horas, no polo educacional localizado ao lado do Auditório. O Cemae fica na Av. Olívia Flores, 3000.

O cartão é um documento que visa facilitar o acesso à rede de atendimento do Sistema Único de Saúde. Para atualizar ou emitir o documento, é preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência em nome no usuário – é indispensável que o comprovante apresente o CEP residencial. Menores de idade podem utilizar comprovante em nome dos pais, e é recomendável que eles também já estejam portando o CPF.

Secom-PMVC

Tem início Campanha Nacional de Multivacinação

vacinação

Começou oficialmente nesta segunda-feira, 11, e vai até o dia 22, a Campanha Nacional de Multivacinação em todas as unidades de saúde de Vitória da Conquista. O objetivo é atualizar a caderneta de vacinação de crianças de até 5 anos de idade e de adolescentes entre 9 e 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias), combatendo assim, as doenças imunopreveníveis e reduzindo os índices de abandono da vacinação, especialmente, entre adolescentes.

Nos primeiros dias da campanha, a procura nas unidades de saúde está dentro do esperado, com perspectiva de ser ampliada. “No Centro de Saúde Régis Pacheco, por exemplo, nestes dois primeiros dias de campanha, temos tido mais procura por parte dos adolescentes e acreditamos que a procura, de uma maneira geral, deve aumentar no decorrer da campanha”, contou a gerente da unidade, Ana Paula Teófilo. :: LEIA MAIS »

Prefeitura anuncia “Batalha contra o Aedes aegypti”

Batalha-contra-o-Aedes-06-09-3-600x399A “Batalha contra o Aedes aegypti” está anunciada pela Prefeitura de Vitória da Conquista. Numa junção de esforços entre várias secretarias municipais e demais instituições públicas, será intensificado nos próximos meses o combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, vírus que podem levar a morte.

A Secretaria de Serviços Públicos está à frente da organização da campanha que começa com ações efetivas nos bairros a partir do dia 18 deste mês. “Para isso, estamos envolvendo toda Administração Municipal e convocamos outros órgãos públicos e organizações para enfrentar esse mosquito”, afirmou a subsecretária de Serviços Públicos, Taís Ferraz.

Os envolvidos na “Batalha contra o Aedes aegypti” serão divididos em quatro grupos. Em cada grupo, além da equipe de Educação Ambiental que vai conscientizar os moradores de cada bairro sobre o perigo de ter água parada em casa, outras equipes ficarão responsáveis pela capina, limpeza das ruas, melhoria na iluminação e também na limpeza de feiras livres, cemitérios,  lavanderias e chafarizes.

“A realização de mutirões é uma forma de envolver, mobilizar e engajar a população na luta contra o Aedes aegypti”, disse a engenheira sanitarista, Márcia Amorim, durante a apresentação do projeto ao chefe de instrução do Tiro de Guerra, tenente Marlon Barros da Silva; ao coordenador do Colégio da Polícia Militar, capitão Igor Rocha; e aos representantes das secretarias de Saúde, Eliezer Silveira, e de Mobilidade Urbana, Juraci da Silva. :: LEIA MAIS »

Vacinação em queda no país preocupa autoridades por risco de epidemias fatais

vacinaçãoDesde 2013, a cobertura de vacinação para doenças como caxumba, sarampo e rubéola vem caindo ano a ano em todo o país e ameaça criar bolsões de pessoas suscetíveis a doenças antigas, mas fatais.

O desabastecimento de vacinas essenciais, municípios com menos recursos para gerir programas de imunização e pais que se recusam a vacinar seus filhos são alguns dos fatores que podem estar por trás da drástica queda nas taxas de vacinação do país.

O Brasil é reconhecido internacionalmente por seu amplo programa de imunização, que disponibiliza vacinas gratuitamente à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Criado em 1973, o Programa Nacional de Imunização (PNI) teve início com quatro tipos de vacina e hoje oferece 27 à população, sem qualquer custo. Nem mesmo a crise econômica afeta o bilionário orçamento da iniciativa, estimado em R$ 3,9 bilhões para 2017. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia