agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘casos’

Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Desde o início de 2018 até 8 de janeiro de 2019, o Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos da doença: no Amazonas, onde há 9.778 casos e, em Roraima, onde foram contabilizados 355 ocorrências.

Casos isolados foram anotados em São Paulo (3), Rio de Janeiro (19), Rio Grande do Sul (45), Rondônia (2), Bahia (2), Pernambuco (4), Pará (61) e Sergipe (4), além do Distrito Federal (1).

Foram registrados ainda 12 óbitos por sarampo: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará.

Os surtos, segundo o Ministério da Saúde, estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus que circula no Brasil é o mesmo da Venezuela, país com surto da doença desde 2017.

Por meio de nota, o ministério informou que a explosão de casos confirmados no Amazonas é resultado de uma força-tarefa realizada no final de 2018 em Manaus, quando mais de 7 mil casos que estavam em investigação foram concluídos. :: LEIA MAIS »

Número de casos de doença que deixa urina preta sobe para 64 na Bahia

infografico_mialgiaO número de casos de mialgia aguda, doença misteriosa conhecida por provocar dor muscular intensa e deixar a urina preta, subiu de 52 para 64 na Bahia. Os dados são referentes ao período entre 14 de dezembro de 2016 e 24 e janeiro deste ano. O novo boletim foi divulgado nesta quarta-feira (1º) pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Até agora, duas pessoas morreram com suspeitas da doença no estado.

Os primeiros registros de sintomas da doença foram registrados na Bahia em dezembro de 2016. Segundo a Sesab, dos 64 casos registrados no levantamento, 60 ocoreram em Salvador. Trinta e três já podem ser classificados como suspeitos por causa dos resultados das amostras de sangue. Além da capital baiana, os municípios de Vera Cruz, Dias D’Avila, Camaçari e Alcobaça registraram um caso cada.

O boletim que apontava 52 casos no estado foi divulgado pelo órgão no início do ano e levava em conta o período até o dia 5 de janeiro. Antes disso, o último levantamento, realizado seis dias antes, levava em conta 30 casos.
:: LEIA MAIS »

H1N1: Vitória da Conquista tem 2 casos confirmados e 18 suspeitos

Da Redação

h1n1

Subiu para 2 o número de casos confirmados da gripe H1N1, em Vitória da Conquista.

A Secretaria de Saúde do município divulgou também o número casos suspeitos. Ao todo, são 18 de Vitória da Conquista e 4 de cidades da região. Deste total de 22, 4 deram positivo, 4 negativo, 1 inconclusivo e os outros aguardam resultado do exame.

Os pacientes que tiveram a confirmação de H1N1 já receberam alta dos hospitais da cidade.

Sesab divulga novo boletim de Microcefalia

dengueNo Estado da Bahia, desde outubro de 2015 até o dia 05 de março de 2016, foram notificados 863 casos suspeitos de microcefalia com perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Os casos suspeitos foram notificados em 144 municípios, sendo que Salvador continua com o maior número de casos suspeitos notificados (406).

A Secretaria da Saúde do Estado, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), informa que 254 casos suspeitos já foram investigados com a realização de exames de imagem, sendo que desses, 156 foram confirmados.

Foram notificados 23 óbitos, nos seguintes municípios: Alagoinhas (1); Barro Preto (1); Camaçari (3); Cravolândia ( 1); Campo Formoso (1); Crisópolis (1) ; Itabuna ( 1); Itapetinga (1); Olindina (1); Salvador ( 7); Tanhaçu (1); Senhor do Bonfim (1); Esplanada (1); Feira de Santana (1) ; Presidente Tancredo Neves (1). Em relação ao último boletim, a secretaria de Saúde de Eunápolis retificou a notificação de óbito cuja causa, inicialmente, teria sido microcefalia e não foi. Também a Secretaria da Saúde de Cruz das Almas retificou o local de residência do óbito para Camaçari.

Ações

Diversas ações de pesquisa e desenvolvimento tecnológico estão em curso pelo Governo da Bahia para combater o Aedes aegypti. Dentre elas, destaque para o teste rápido para dengue e chikungunya, o caça mosquito, mosquito transgênico, bacillus thuringiensis israelensis, wolbachia e repelente com nanotecnologia. :: LEIA MAIS »

Número de casos de Guillain-Barré dobra em 5 meses na Bahia, diz Sesab

Foto: Estadão

Foto: Estadão

Os casos da Síndrome de Guillain-Barré na Bahia mais que dobraram nos últimos cinco meses, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (2) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Do dia 7 de julho, quando foi divulgado o primeiro boletim com dados sobre a doença pelo governo, até novembro, o número de casos confirmados saltou de 29 para 64.

Uma mulher de 26 anos já morreu vítima da doença na Bahia. Os dois primeiros casos foram anunciados em junho.

A Síndrome Guillain-Barré é uma doença neurológica rara que, segundo especialistas tem relação com doenças virais, como o Zika Vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue.
:: LEIA MAIS »

Em quatro dias, número de pessoas com Guillain-Barré sobe de 42 para 49

sesabEm quatro dias, o número de paciente que contraíram a síndrome Guillain-Barré subiu de 42 para 49 na Bahia e a quantidade de casos notificados passou de 76 para 101, de acordo com balanço da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), divulgado na noite desta sexta-feira (17), com base nas informações da Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa).

Uma mulher de 26 anos já morreu vítima da doença no estado. Segundo a Sesab, dentre os 49 casos confirmados, 47 têm histórico de dengue, zika ou chikungunya. Dos notificados, em 23 pacientes a síndrome foi descartada, 24 continuam em investigação e cinco casos são de outros eventos neurológicos. Salvador tem o maior número de pacientes com a síndrome – 38 dos 49 confirmados. O próximo boletim será divulgado na terça-feira (21) pelo governo.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia