maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Crise’

“A crise do Coronavírus vai acelerar a história e precisamos nos reinventar enquanto professores”, diz António Nóvoa em Live para educadores

Live Aula MagnaEm Aula Magna transmitida ao vivo, para mais de 3,9 mil educadores, o professor doutor da Universidade de Lisboa e embaixador de Portugal para Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), António Nóvoa, pontuou que crise causada pela pandemia do Coronavírus irá acelerar a história e assim, provocar uma metamorfose no modelo de escola que conhecemos. “A transição digital, por meio dos mais diversos dispositivos irá acontecer de forma mais rápida e teremos uma mudança da escola. Será preciso criar novos ambientes de sala de aula e devemos nos reinventar enquanto educadores no pós-crise”, pontuou Nóvoa durante a live que marcou a abertura da Formação Continuada Territorial a Distância, promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT).

António Nóvoa ainda destacou a importância da formação continuada em tempos de crise. “Se existe um momento em que a formação continuada dos educadores se faz essencial, este momento é agora. Precisamos discutir e compartilhar uns com os outros e reconstruir nossas aprendizagens”. Para Nóvoa é preciso garantir a continuidade das aprendizagens de professores e estudantes. “Não há democracia sem uma escola pública forte, como um bem comum de todos nós. Não há futuro para essa sociedade sem que os professores saibam estar no momento certo nesse lugar de coragem chamado agora”. :: LEIA MAIS »

Fligê é adiada devido à crise do coronavírus

FligêA Fligê (Feira Literária de Mucugê), uma das mais expressivas feiras literárias da Bahia, será adiada em decorrência da crise de coronavírus e da precaução recomendada de distanciamento social. A Feira, que aconteceria entre os dias 13 a 16 de agosto, está marcada para o período entre 5 a 8 de novembro.

Ester Figueiredo, curadora da Fligê, explica o adiamento: “A decisão de adiar, mesmo não sendo nosso desejo, partiu do compromisso de zelar por nosso público. Estamos trabalhando para a realização de nossa feira, encorajadas pela esperança do encontro”.

O tema da Fligê em 2020 é “Literatura e Ancestralidades” e a produção informa que em breve anunciará o autor homenageado. Para mais informações, você pode acessar o Instagram (www.instagram.com/fligemucuge) e o Facebook
(www.facebook.com/fligemucuge/) da Feira.

Geddel pede demissão após crise gerada com denúncia de ex-ministro

gedelAcusado de ter pressionado o ex-titular da Cultura para liberar uma obra em Salvador, o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, enviou na manhã desta sexta-feira (25), por e-mail, uma carta de demissão ao presidente Michel Temer. Segundo a assessoria da do Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer aceitou o pedido de Geddel, que era responsável pela articulação política do governo federal com o Congresso Nacional.

A turbulência política provocada pela denúncia chegou ao gabinete presidencial nesta quinta (24) quando veio à tona o teor do depoimento prestado nesta semana pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero à Polícia Federal (PF). Calero disse aos policiais que, durante uma audiência no Palácio do Planalto, Temer interveio em favor dos interesses do ministro da Secretaria de Governo.

O ex-ministro da Cultura, que pediu demissão na última sexta (18), gravou a conversa que teve na semana passada com Temer no Planalto, informou o Bom Dia Brasil. Procurado pela TV Globo, Calero disse que não pode falar desse assunto. :: LEIA MAIS »

Crise econômica afeta produção da Zona Franca de Manaus

imageEm 2015, a Zona Franca de Manaus registrou uma queda de 30% na produção por causa da crise econômica que atingiu o país. Os setores mais prejudicados foram os de motocicletas, eletroeletrônicos, principalmente, televisores e tablets. Cerca de 20 mil trabalhadores perderam o emprego. Os dados são da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

“É uma crise política que se transformou nessa situação econômica que estamos vivendo. Tirou a confiança do consumidor brasileiro e reduziu o poder de compra daqueles que perderam emprego. Isso retrai o consumo, reduz a demanda por novos produtos, afeta a atividade das linhas de produção e há risco de mais demissões na indústria nacional. E não é diferente aqui para a Zona Franca de Manaus”, afirmou o presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia