dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘desperdício’

Santo Antônio: Melhor jogar os alimentos no lixo do que dar aos pobres?

Prof. Dr. Reginaldo de Souza Silva*

O relatório sobre a Insegurança Alimentar no Mundo 2012, apontava que 13 milhões de brasileiros ou passavam fome ou sofriam de desnutrição. A realidade presente nega o país do futuro, ostentando a fartura, a fome e o desperdício de 30% de toda produção agrícola. Segundo a FAO, 2013, um terço dos alimentos produzidos no mundo é desperdiçado a cada ano (incluindo toda a energia, mão de obra, água e produtos químicos envolvidos em sua produção e descarte). No Brasil, 26,3 milhões de toneladas de alimentos têm o lixo como destino, 45% são hortifrutos.
Da água disponível no mundo 70% é para agricultura; 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são jogadas fora por ano no mundo, o equivalente a 750 bilhões de dólares. No Brasil o desperdício de alimentos está presente em toda a cadeia, sendo: 10%  campo; 50% manuseio e transporte; 30% comercialização e abastecimento; 10% varejo (supermercados) e consumidor final (Embrapa). Tudo isto impacta no preço dos alimentos fazendo com que a comida fique muito mais cara.
No País dos Desperdícios, (Abrantes, 2005), chega a 150% do PIB. Número que diz respeito não apenas ao que se perde de alimentos, água e energia elétrica, mas também a fatores como o desemprego, analfabetismo, doenças e não aproveitamento do lixo. Ao redor do mundo, os países europeus estão entre 20% e 25%, o Japão, menor que 20% e, EUA 35%.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia