setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘energia’

Câmara aprova isenção de energia para famílias de baixa renda

coelbaO plenário da Câmara aprovou, nesta noite (10), a gratuidade de energia para famílias de baixa renda com o consumo mensal de até 70 quilowatts-hora (kWh) por mês. A medida foi aprovada por meio de emenda ao texto do projeto de lei que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras na Região Norte.

Atualmente, a tarifa social de energia estabelece descontos ao consumidor de baixa renda cadastrado no valor de 65% no consumo registrado de até 30 kWh/mês; de 40% na faixa de 31 kWh até 100 kWh/mês; e de 10% na faixa de 101 kWh até 220 kWh/mês. A isenção no pagamento, atualmente, atinge apenas índios e quilombolas.

Pequenas centrais

Outra emenda aprovada permite às pequenas centrais hidrelétricas com pelo menos uma unidade geradora (turbina) em funcionamento terem seu prazo de autorização contado a partir da operação comercial dessa unidade, exceto as que tiverem penalidade pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quanto ao cronograma de implantação.

Após a aprovação da matéria, o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), questionou a origem dos recursos orçamentários para custear a isenção de pagamento da energia elétrica às famílias de baixa renda. “Eu preciso que alguém me informe qual o impacto no Orçamento do governo. Se alguém deixar de pagar a conta, outra pessoa vai pagar”, perguntou Maia. :: LEIA MAIS »

Cobrança extra na conta de luz será eliminada em abril, anuncia governo

coelbaO ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou na noite desta quinta-feira (25) que não haverá cobrança extra nas contas de luz em abril devido ao desligamento de usinas térmicas, que geram energia elétrica mais cara.
Em abril, entrará em vigor a bandeira verde, que, pelo sistema de bandeiras tarifárias representa a ausência de cobrança extra na conta de luz.

A eliminação da cobrança extra em abril não significa que o sistema de bandeiras tarifárias será abolido. Se no futuro o governo necessitar ligar mais usinas térmicas novamente, a cobrança será retomada.
:: LEIA MAIS »

Torre desaba após chuva e 10 cidades da região ficam sem energia

Postes caíram em povoado na zona rural de Retirolândia, na Bahia (Foto: Retiro Notícias)

Postes caíram em povoado na zona rural de
Retirolândia, na Bahia (Foto: Retiro Notícias)

Uma torre desabou perto da cidade de Itapetinga após forte chuva e deixa 10 cidades do sudoeste da Bahia sem energia há quase 20 horas. A informação foi confirmada pela Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba), na noite deste sábado (23).

Os municípios afetados são Itapetinga, Itambé, Caatiba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Cândido Sales, Macarani, Itarantim, Maiquinique e Potiraguá.

De acordo com a empresa, a chuva provocou uma erosão na base da torre e causou a queda do equipamento, às 0h05 deste sábado. Até às 19h30, o fornecimento ainda não havia sido restabelecido.
:: LEIA MAIS »

Energia, alimentos e combustível elevam inflação para 10,67%

mercadoPressionada pela elevação dos preços dos alimentos, combustíveis e energia elétrica, a inflação oficial do país, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou 2015 com alta acumulada de 10,67% – a maior dos últimos 13 anos desde os 12,53% de dezembro de 2002. A inflação do ano passado chega a ser 4,16 pontos percentuais superior ao teto da meta fixada pelo Banco Central para 2015, que foi de 6,5% e 6,17 pontos percentuais acima do centro da meta: de 4,5%.

Os dados foram divulgados hoje (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), juntamente com o resultado do IPCA de dezembro.
:: LEIA MAIS »

Irregularidades no fornecimento de energia afetam funcionamento do sistema integrado de abastecimento de Vitória da Conquista

A Embasa informa que, após a ocorrência de temporais na região da barragem de Água Fria I e na estação de tratamento de água (ETA), o fornecimento de energia registra irregularidades que estão afetando o funcionamento dos equipamenos de bombeamento de água para distribuição em Vitória da Conquista e Belo Campo. A Embasa já acionou a concessionária de energia elétrica para realizar os reparos necessários e aguarda a regularidade no fornecimento de energia para voltar a operar o sistema integralmente.

Diante desta situação, nos últimos dias, o sistema de abastecimento vem funcionando com oferta abaixo da demanda usual da cidade, o que pode provocar redução da pressão em alguns pontos da rede distribuidora e afetar o fornecimento de água.

A Embasa recomenda que a população mantenha a economia, consumindo de forma racional a água armazenada nos reservatórios domiciliares. Em caso de informações, a população pode ligar para o teleatendimento gratuito 0800 0555 195.
Ascom/Embasa

Energia da prefeitura de Jequié é cortada por dívidas, diz Coelba

Foto: Blog Marcos Frahm

Foto: Blog Marcos Frahm

O fornecimento de energia da prefeitura da cidade de Jequié, na região do sudoeste da Bahia, foi suspenso na manhã desta quinta-feira (29). De acordo com informações da assessoria de comunicação da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), o corte ocorreu por conta de dívidas.

A energia também foi suspensa no Centro de Abastecimento por falta de pagamento, o que motivou, no final da tarde de quarta-feira (28), um protesto de comerciantes que trabalham no local. Os trabalhadores ficaram revoltados e chegaram a fechar uma das ruas do centro da cidade por conta do risco de perda das mercadorias.
:: LEIA MAIS »

Conta de luz continuará com bandeira vermelha em outubro

conta-da-coelbaA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia.

A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos.
AgênciaBrasil



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia