agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Escola’

Projeto prioriza matrícula de filhos de mulheres vítimas de violência

violencia_domestica_marcos_santos_uspO plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (19) o projeto de lei que estabelece prioridade em centros de educação infantil a filhos de mulher que sofre violência doméstica. A matéria segue para análise do Senado.

Segundo o texto da relatora, deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), o juiz poderá determinar a matrícula dos dependentes da vítima em instituição de educação básica mais próxima do seu domicílio, independentemente da existência de vaga.

Para a autoria da proposta, Geovania de Sá (PSDB-SC), as matrículas não podem ser negadas “no momento em que mais a vítima necessita”. “Não raras vezes, a mulher que é vítima de violência doméstica não pode matricular seus filhos na escola mais próxima de sua residência. Nesses casos, ter prioridade para escolher o local mais adequado para que seus filhos possam estudar é muito importante e deve compor o rol de medidas emergenciais a que essas pessoas têm direito”, afirmou a parlamentar na justificativa do projeto de lei. :: LEIA MAIS »

Google certifica professores e estudantes de Vitória da Conquista

Escola de Aplicação - Internet (54)A Google INC certificou 116 professores e nove estudantes da rede estadual de ensino, que participaram da formação do Google Apps For Education ou Google Sala de Aula. O aplicativo oferece um Ambiente Virtual de Aprendizagem de última geração, dinamizando os processos de ensino e aprendizagem e configurando uma rede social de conhecimentos que integra estudantes e professores.

A iniciativa é resultado de parceria com a Secretaria da Educação do Estado, por meio do projeto e-Nova Educação, que inclui a formação dos gestores e professores, com o objetivo de fortalecer o eixo pedagógico nas escolas.

 Realizada pelo Instituto Paramitas – única ONG parceira da Google para a formação de professores –, contratado pela Secretaria da Educação do Estado, a formação foi iniciada em 20 unidades de ensino de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Lauro de Freitas, Mata de São João, Jequié, Senhor do Bonfim, Luís Eduardo Magalhães, Ilhéus e Itabuna. De acordo com o coordenador geral de Articulação de Projetos para a Educação da Secretaria, Rogério Quintella, a iniciativa proporciona a inovação na sala de aula e confere maior qualidade nos processos de ensino e aprendizagem dos estudantes, por meio do uso da tecnologia. :: LEIA MAIS »

Pais devem ficar atentos para reajustes de mensalidades escolares

escolaO período de rematrícula nas escolas particulares tem início este mês e vai até outubro, e os pais devem prestar atenção para os reajustes praticados pelas instituições. Não existe um índice determinado para os aumentos, mas o valor do reajuste deve estar de acordo com as despesas da escola e só poderá ser realizado uma vez por ano.

Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), os gastos que justificaram o aumento da mensalidade deverão ser demonstrados para os pais por meio de uma planilha de custos. “A lei prevê que o reajuste tem que ser vinculado a uma planilha de custos que seja previamente apresentado para os pais 45 dias antes do fim da matrícula, para que os pais possam avaliar a questão do preço, se está de acordo com o orçamento dele”, explica o advogado do Idec Igor Marchetti.

Entre os itens que podem ser levados em conta pelas escolas para o aumento da mensalidade, estão os aumentos nos custos com pessoal, encargos, custos com materiais, alugueis, além de melhorias pedagógicas.

O Idec diz que os pais podem contestar o aumento, caso considerem abusivo. A primeira orientação é que os pais reúnam-se para questionar a escola. “Sempre que os pais tenham alguma questão com relação aos reajustes, conversem com outros pais e mães para tentar resolver coletivamente, com um abaixo-assinado, por exemplo, para tentar conseguir uma negociação antes do processo judicial”, diz Marchetti. :: LEIA MAIS »

Escolas realizam Jornada Pedagógica para planejar ano letivo

marcas_jornada2017Durante os dias 1, 2 e 3 de fevereiro a Secretaria da Educação do Estado promove a Jornada Pedagógica para o planejamento do ano letivo 2017 em todas as escolas estaduais de Vitória da Conquista. Nas unidades escolares dos municípios, as atividades serão realizadas em datas diversas.

Com o tema “Escola e Comunidade para Educar e Transformar”, a Jornada pedagógica 2017 trata-se de um espaço coletivo de organização do trabalho pedagógico, que envolve professores e gestores em todas as escolas estaduais.

Também é aberto para estudantes, famílias e representantes das comunidades locais. A segunda etapa da Jornada está programada para o dia 21 de julho.

A Jornada Pedagógica traz atividades diversificadas para o fortalecimento de práticas educativas e socialização de metodologias que despertem o interesse, a participação e a aprendizagem dos estudantes. Durante os três dias de trabalho, os participantes fazem uma avaliação do ano letivo de 2016 e discutem o Projeto Político Pedagógico das escolas, além do planejar as atividades interdisciplinares a serem realizadas em cada unidade escolar em 2017. :: LEIA MAIS »

Conquista recebe nova escola de ensino médio

senecaCom a experiência de 15 anos no mercado da educação em Vitória da Conquista e resultados festejados em avaliações nacionais, como o Enem e os principais vestibulares do país, o grupo Sêneca lança agora uma escola com foco no ensino médio.

A proposta está embasada em princípios que norteiam o desenvolvimento humano pleno, a partir do respeito irrestrito às diversidades e estruturas sociais, emocionais e cognitivas dos estudantes que fizerem parte deste quadro. O diferencial da escola será não apenas compartilhar conteúdos e conhecimentos necessários à grade curricular, mas incentivar a formação de sujeitos afetivamente seguros e intelectualmente críticos.

:: LEIA MAIS »

“Está com medo de ir à escola’ diz mãe de criança queimada por colega em Vitória da Conquista

Foto: Arquivo Pessoal / Paulo César

Foto: Arquivo Pessoal / Paulo César

A mãe da criança de 5 anos que sofreu uma queimadura na perna em uma escola municipal de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, disse a filha que está com medo de voltar a frequentar as aulas na unidade de ensino. “Ela está com medo de ir para escola. Vou conversar com ela aos poucos. Se ela não quiser voltar, não vou forçar. Vou trocá-la de escola”, contou Patrícia Assunção, de 27 anos.

Conforme Patrícia, a filha foi atingida por água quente que foi levada para sala de aula pela própria professora. “Hoje [nesta sexta], eu conversei com a diretora. Ela disse que a professora tem o costume de colocar o marmitex para esquentar na sala dos professores. Nesse dia, acabou acontecendo de ela levar para esquentar na sala de aula. Um coleguinha da mesma idade da minha filha acabou pegando a água e jogando nas pernas dela”, afirmou.
:: LEIA MAIS »

Procon orienta pais sobre lista de material escolar

700-02371504 © photo division Model Release: No Property Release: No Close-up of Chalkboard and School SuppliesOs gastos com a educação fazem parte do orçamento do início de ano para famílias que têm filhos em idade escolar. Nessa época, surgem inúmeras dúvidas por parte dos pais quanto à compra do material solicitado pelas escolas. Para orientar os consumidores nesse sentido, o Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Vitória da Conquista apresenta algumas informações.

A escola deve disponibilizar a lista de material antes mesmo do ato da matrícula. Ela também deve devolver o material que sobrou do ano anterior aos alunos. Assim, os pais podem avaliar o que pode ser reaproveitado.

Os pais ou responsáveis pelos estudantes devem conhecer o projeto didático-pedagógico da escola para verificar quais materiais de uso individual serão utilizados pelos alunos ao longo do ano. :: LEIA MAIS »

Telhado de escola desaba e fere 10 crianças na Bahia

340x255_bahia_1586752O telhado da Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães desabou na tarde desta quinta-feira, 26, no município de Itambé (a 566 quilômetros de Salvador), no sudoeste do estado. O acidente, que aconteceu por volta das 14h30, deixou cerca de 10 crianças feridas.

Na manhã desta sexta-feira, 27, a escola foi fechada para perícia realizada pelos técnicos do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Segundo a Polícia Civil, além das crianças, dois adultos também ficaram feridos. Ao saber do acidente, pais foram desesperados para a escola, causando muita confusão na cidade.

Após o ocorrido, as vítimas foram socorridas por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e, em seguida, encaminhadas para o Hospital São Sebastião de Itambé, onde foram submetidas as exames médicos. Todos tiveram ferimentos leves. :: LEIA MAIS »

Com escola em condições precárias, alunos assistem aulas em bar no município de Ilhéus

escola 2

Foto: G1

Alunos da Escola Municipal Nucleada Aritaguá, localizada no distrito Ponta do Ramo, no município de Ilhéus, sul da Bahia, tiveram de deixar as salas de aula para estudar em um espaço que faz parte de um bar. Isso porque a unidade de ensino fundamental, única da localidade, está em condições precárias e não pode abrigar os estudantes.

Um comerciante local foi quem cedeu o espaço para que os alunos pudessem continuar estudando de forma improvisada. Os discentes estão na área do bar desde o fim das férias de junho.

A escola, que fica perto do estabelecimento comercial, está com infiltrações nas paredes e com as janelas quebradas. Dentro das salas de aula, o forro caiu e a instalação elétrica é precária. Além disso, também é possível ver cupins no local. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia