abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: ‘H1N1’

Sobe para 22 o número de mortes por H1N1 na Bahia; estado tem 181 casos da doença

h1n1O número de mortes provocadas pela gripe H1N1 subiu para 22 na Bahia, segundo boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (19). Os dados são referentes a até o dia 9 de junho.

De acordo com a Sesab, até a data, foram notificados, no estado, 1.231 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 93 óbitos. Dentre esses casos, 241 foram confirmados para Influenza, sendo 181 pelo subtipo A H1N1. Vinte e dois deles evoluíram para óbito.

Ainda conforme a Secretaria, no mesmo período do ano passado foram notificados 327 casos de SRAG, com 26 óbitos. Dentre eles, 25 foram confirmados para Influenza, sendo dois casos de Influenza A H1N1 e nenhum óbito por A H1N1.

:: LEIA MAIS »

Bahia tem maior número de mortes por H1N1 desde início da pandemia de 2009

gripeA cada quatro pessoas que contraíram o vírus H1N1 na Bahia este ano, uma morreu. Segundo dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), este é o período mais letal da doença desde a pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2009 – e ainda faltam cinco meses para 2016 acabar.

De 1º de janeiro até ontem, 110 casos da H1N1 foram confirmados no estado – destes, 26 pessoas não resistiram às complicações da Gripe A. A taxa de letalidade é de 23,6%. Em 2009, quando o estado registrou 486 casos e 19 mortes, a taxa era de 3,9% de letalidade, o que demonstra que o vírus, este ano, está mais letal que nunca.

 Em 2014 e 2015, a Bahia não registrou mortes pela doença, mas, em 2013, o número de óbitos em relação aos casos também foi alto: 52 infectados e 11 mortos (21,2% de letalidade).

:: LEIA MAIS »

Vacinação contra a gripe é retomada nessa terça-feira, 10

SCM_7107Vitória da Conquista recebeu nesta segunda-feira, 9, o quarto lote de vacinas contra a gripe. Ao todo, são 19 mil novas doses. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde vai retomar a campanha de vacinação nessa terça-feira, 10, a partir das 8h, nas sete unidades básicas e 17 unidades de saúde da família da zona rural.

Este quantitativo será ofertado somente para gestantes, crianças maiores de seis meses a menores de cinco anos, e pessoas com mais de 60 anos.

Um pequeno percentual deste novo quantitativo será destinado às instituições hospitalares para a vacinação dos profissionais de saúde, outro público-alvo da campanha. :: LEIA MAIS »

Polícia de Itapetinga investiga furto de vacina H1N1

vacina_h1n1

Imagem Ilustrativa

O posto de saúde do Bairro Vila Isabel em Itapetinga passou por perícia na manhã de quarta-feira (4) depois que dez doses da Vacina contra o Vírus H1N1 foram furtadas no interior do local.

Agentes da delegacia do município estão investigando o crime, que segundo a polícia, pode ter acontecido durante a madrugada. Suspeita-se que os indivíduos pularam o muro da unidade de saúde, arrombaram uma das janelas do local e adentraram na sala de vacina.

Conforme apuração do site Itapetinga Repórter, o lote com a vacina estava guardado para que algumas gestantes, que não puderam ir aos postos de saúde no último sábado, fossem imunizadas contra o Vírus H1N1.

Itapetinga Reporter

 

Secretaria Municipal de Saúde divulga boletim para H1N1, Dengue, Zika e Chikungunya

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira(03), pela Secretaria Municipal de Saúde,  até o dia 03 de maio deste ano, foram notificados 2.463 Casos de Dengue, 20 casos de Chikungunya, 215 casos de Zika e 30 casos de H1N1.

Neste outono, mais um vírus voltou a circular pelos ares contaminando as pessoas: o vírus da gripe A (H1N1). A diferença maior  entre este vírus e os da dengue, zika e chikungunya, no que se refere à transmissão, é que o da gripe circula sozinho pelos ares. Os outros  vírus  em geral “voam”  instalados no organismo mosquito vetor e transmissor, o Aedes aegypti.

boletim-03-05-1024x221Saber qual vírus nos acomete é muito importante! Fiquem atentos!

Prefeitura de Vitória da Conquista informa que não haverá Dia “D” de vacinação contra a gripe

gripeA Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Saúde, informa à população que, a exemplo de outras cidades baianas, no próximo sábado, 30 de abril, não será realizado o Dia “D” da campanha de vacinação contra a gripe.

A decisão se deu, considerando que o período de vacinação vai até o dia 20 de maio e que não há estoque para o funcionamento dos postos no dia 30 de abril, uma vez que o município, seguindo a orientação da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), antecipou o início da campanha em 12 dias e recebeu a vacina em cotas semanais.

Em quatro dias de campanha, foram aplicadas as 35 mil doses repassadas pela Sesab, o que corresponde a cerca de 50% da meta do público prioritário da campanha. Em Vitória da Conquista, este público corresponde a 71.813 pessoas, segundo estimativa do Ministério da Saúde, que prevê ainda que 80% desse contingente seja imunizado. :: LEIA MAIS »

Brasil já registra 230 mortes por H1N1 em 2016

gripeO Brasil registrou este ano, até o 16 de abril, 230 mortes pelo vírus influenza A (H1N1). De acordco com levantamento do Ministério da Saúde divulgado hoje (25), ao todo, foram registrados 1.365 casos da doença em todo o país neste período.

Com 976 notificações, a Região Sudeste concentra o maior número de casos de H1N1 este ano, com  883 apenas no estado de São Paulo. Também houve registro de H1N1 em 2016 em Santa Catarina (102), Goiás (62), Rio de Janeiro (44), Minas Gerais (44), Pará (42), Distrito Federal (36), Rio Grande do Sul (32), Bahia (32), Paraná (30), Mato Grosso do Sul (14), Pernambuco (11), Alagoas (6), Ceará (6), Rio Grande do Norte (6), Espírito Santo (5), Mato Grosso (4), Paraíba (3), Amapá (1) e Sergipe (1).

Embora pelo menos cinco estados tenham começado a imunização, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe será aberta oficialmente no próximo sábado (30) em todas as cidades do país e é voltada a públicos com maior risco de complicações pelos vírus, como crianças com menos de seis anos, gestantes, idosos e profissionais da saúde. :: LEIA MAIS »

Sesab confirma que jovem de Vitória da Conquista morreu de H1N1

h1n1A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) confirmou nesta quinta-feira (14) que a jovem Tailane Neves Santos, de 23 anos, morreu após complicações da gripe H1N1 em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado.

A jovem morreu na madrugada da terça-feira (12), no Hospital Geral da cidade. Ela estava internada na unidade médica desde a sexta-feira (8). Material colhido da vítima foi enviado para exame no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Salvador, onde o caso foi confirmado.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Vitória da Conquista, esse ano já foram notificados 22 casos suspeitos de H1N1 na cidade. Cinco foram confirmados. Em todo ano de 2015, foram 10 casos suspeitos e nenhum confirmado.
:: LEIA MAIS »

H1N1: Vitória da Conquista tem 2 casos confirmados e 18 suspeitos

Da Redação

h1n1

Subiu para 2 o número de casos confirmados da gripe H1N1, em Vitória da Conquista.

A Secretaria de Saúde do município divulgou também o número casos suspeitos. Ao todo, são 18 de Vitória da Conquista e 4 de cidades da região. Deste total de 22, 4 deram positivo, 4 negativo, 1 inconclusivo e os outros aguardam resultado do exame.

Os pacientes que tiveram a confirmação de H1N1 já receberam alta dos hospitais da cidade.

Sesab antecipa vacinação contra a gripe para o dia 18 de abril

SONY DSC

A partir do dia 18 de abril, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) dará início à 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (influenza).

A partir desta data, os postos e centros de saúde de todos os municípios podem iniciar a imunização dos idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menos de cinco anos, trabalhadores da saúde (público e privada), mulheres grávidas e puérperas, até 45 dias após o parto, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, sob medidas sócioeducativas. No dia 30, será realizado o Dia D de mobilização nacional.

Este ano, até o dia 6 de abril, foram registrados 11 casos de H1N1, e desses, três foram a óbito, todos em Salvador. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), o objetivo anual da campanha é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza. Este ano, a população estimada para vacinar é de 3.269.328 pessoas de todos os grupos prioritários. Para Ramon Saavedra, coordenador do Programa Estadual de Imunizações, a antecipação da vacinação do dia 30 para o dia 18 só foi possível com a chegada dos lotes da vacina enviados, pelo Ministério da Saúde. :: LEIA MAIS »

Ministério da Saúde começa a distribuir aos estados vacina contra H1N1 no dia 1º

vacina h1n1O Ministério da Saúde divulgou o calendário de distribuição da vacina contra a gripe A (H1N1). A campanha nacional terá início no dia 30 de abril, porém, no dia 1º a pasta começa a distribuir o imunizante aos estados.

Normalmente os surtos de H1N1, um dos tipos da Influenza A, acontecem a partir de junho, com a chegada do inverno, mas, no estado de São Paulo, por exemplo, casos graves da doença começaram a ser registrados mais cedo. A campanha nacional vai de 30 de abril a 20 de maio, mas, com a chegada do imunizante mais cedo, os estados e municípios poderão antecipar a aplicação da forma mais conveniente para a região.
:: LEIA MAIS »

Bahia registra 2 mortes e 10 casos de H1N1

h1n1Em pouco mais de dois meses, duas pessoas morreram com H1N1 na Bahia. Do início deste ano até o dia 3 de março, já são 10 casos notificados da gripe, sendo cinco confirmados. O número está muito acima do registrado no mesmo período de 2015, quando apenas um caso foi registrado, de um paciente vindo de São Paulo. A vacina continua sendo o meio mais eficaz, mas só volta a ser aplicada no mês de abril.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ainda não sabe o motivo do aumento de casos da doença nesse ano, já que os pacientes confirmados não tiveram contato entre eles. Os casos estão sendo estudados. A principal forma de prevenir a doença é a vacina, que é renovada anualmente.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia