outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘José Ronaldo’

Zé Ronaldo apresenta programa de governo e lamenta o fechamento de mais uma fábrica na Bahia

O candidato da coligação “Coragem para Mudar a Bahia”, Zé Ronaldo, divulgou nesta quarta-feira (15/8) o seu programa de governo, cujas principais diretrizes apontam para a retomada do desenvolvimento da Bahia e recuperação emergencial de setores como Segurança, Saúde e Educação.

“Divulgamos nosso programa no momento em que se anuncia que mais uma fábrica de grande porte (Heineken) estará deixando a Bahia nos próximos meses. O símbolo do governo petista é um carro vermelho da JAC Motors enterrado na fábrica de Camaçari.

A fábrica nunca chegou a ser implantada devido à incompetência do governo petista. Assim como a JAC Motors, outras empresas estão deixando a Bahia, enquanto o desemprego e a pobreza chegam a números alarmantes”, diz José Ronaldo.

De acordo com o programa de governo do candidato ao governo do estado em 2018, além de trabalhar de forma mais harmoniosa com os prefeitos, haverá uma equipe competente e capacitada para atrair a iniciativa privada e estimular o setor produtivo local. “É preciso restabelecer essa parceria e recuperar a confiança dos investidores que, no passado, foi responsável por atrair grandes empreendimentos. Não nos esqueçamos que a Ford veio para a Bahia porque um governo petista no Rio Grande do Sul a afugentou, e o nosso estado a acolheu. Do mesmo modo, no Oeste, a Bahia sempre deu atenção especial aos produtores que vieram do Sul do país para implantar o importante Polo de Grãos daquela região”.

:: LEIA MAIS »

Chapas majoritárias seguem indefinidas para disputa eleitoral na Bahia

Cinco dos seis pré-candidatos ao governo da Bahia ainda não definiram a composição das chapas em que disputarão as eleições de outubro até esta segunda-feira, 16, a quatro dias do início do período legal para a realização das convenções partidárias que oficializarão os nomes da disputa eleitoral, que vai até 5 de agosto.

A indefinição do cenário nacional, apontam analistas e líderes partidários ouvidos pela reportagem, é o principal fator para o atraso na formação das alianças.

A desistência do prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, de concorrer ao Palácio de Ondina, também bagunçou o tabuleiro político local – o que, segundo o cientista político e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Joviniano Neto, gerou o reposicionamento das forças partidárias.

Até agora, apenas o governador Rui Costa (PT), pré-candidato à reeleição, anunciou todos os titulares da sua aliança, mas sem confirmação dos suplentes. Além do petista, o vice-governador João Leão (PP) tentará a reeleição a vice, enquanto o presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel (PSD), e o ex-governador Jaques Wagner (PT) disputarão as duas vagas para o Senado.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia