dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Libras’

IFBA abre seleção para intérpretes de LIBRAS

ifbaO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) lançou o edital nº 06/2017, do processo seletivo simplificado para contratação de profissionais técnicos de nível superior, especializados em Linguagem de Sinais.

As inscrições já começaram e seguem até o dia 16 de outubro, através do preenchimento de formulário de inscrição eletrônico e do pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 70.

Ao todo, são disponibilizadas 17 vagas, distribuídas entre os campi Barreiras, Brumado, Salvador, Valença e Vitória da Conquista. Podem se inscrever profissionais com graduação em Letras/LIBRAS; graduação em Tradução e Interpretação, com habilitação em LIBRAS/ Língua Portuguesa; ou graduação em qualquer área, desde que o profissional tenha realizado alguma especialização, curso de educação profissional, Extensão Universitária, Formação Continuada, formação, promovido pela sociedade civil representativa da comunidade surda, ou possua certificado de proficiência na área. :: LEIA MAIS »

Primeiro júri com tradução em Libras do Brasil é assistido por mais de 40 surdos no sul da Bahia

 juíza Márcia Melgaço (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

juíza Márcia Melgaço (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Mais de 40 pessoas com deficiência auditiva acompanharam nesta terça-feira (29), em Itabuna, sul da Bahia, o primeiro júri que foi traduzido de forma simultânea em Libras (Língua Brasileira de Sinais) do Brasil.

O julgamento foi de Jipleze Atamásio Lima, acusado de matar duas pessoas e tentar matar outra, em uma cela do presídio de Itabuna, em 2012. Ele foi condenado, no júri desta terça, a 32 anos de prisão em regime fechado.

Três intérpretes de Libras se revezaram durante todo o julgamento, que durou das 8h30 às 17h, e foi realizado no Fórum Ruy Barbosa. Após o júri, um dos intérpretes traduziu a impressão que uma espectadora surda teve do julgamento. “Cada detalhe, o homicídio, tudo que estava acontecendo ela conseguiu entender”, disse a tradutora Thaís Campos.

Também com a ajuda de um dos intérpretes, Moab Souza, presidente da Associação de Surdos Mudos disse que a iniciativa deve servir de exemplo e precisa ser ampliada para outros locais. “Em hospital, aqui, em banco, associação”, disse.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia