dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘mortes’

Dois homens caem de motocicleta após batida com carreta e morrem atropelados em Conquista

Dois homens morreram na noite de domingo (12), após uma motocileta bater de frente com uma carreta no KM-848 da BR-116, em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), informações preliminares apontam que o motorista da moto perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e se chocou contra a carreta.

Após a colisão, os homens caíram na pista e foram atropelados pelos veículos que vinham em seguida.

:: LEIA MAIS »

14 mortes são registradas em rodovias da Bahia durante Semana Santa

Foto: Elói Correia/GovBA

Foto: Elói Correia/GovBA

As Polícias Rodoviária Federal e Estadual (PRF e PRE) registraram 14 mortes durante a Semana Santa nas rodovias da Bahia. A operação das polícias durou cerca de três dias, com início no dia 13 de abril e finalizada entre a noite de domingo (16) e manhã desta segunda-feira (17). Nesse período, a PRE registrou cinco mortes. Comparado ao mesmo feriado do ano passado, houve redução de 17% no número de pessoas que morreram em acidentes nas BA’s. Em 2016 foram seis mortes.

Já a PRF, contabilizou nove mortes, duas a mais do que em 2016. Este ano, a PRF também registrou aumento de nove acidentes: foram 67 casos. N ano passado, a polícia somou 58 acidentes no período da Semana Santa.
:: LEIA MAIS »

Bahia tem 3 policiais militares de folga assassinados em intervalo de 5 dias

Três policiais militares foram mortos em um intervalo de cinco dias em Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana. Os casos ocorreram entre os dias 13 e 17 de janeiro e, segundo a corporação, todos as vítimas foram assassinadas a tiros quando estavam de folga. Até agora, somente um suspeito foi preso e outro morto. Desde o início do ano, quatro PMs foram mortos no estado. Em 2016, 23 foram vítimas de homicídios, sendo que somente três estavam de serviço.

Foto: Reprodução/TV Bahia

Foto: Reprodução/TV Bahia

:: LEIA MAIS »

Brasil tem mais mortes violentas do que a Síria em guerra

O Brasil registrou mais mortes violentas de 2011 a 2015 do que a Síria, país em guerra, em igual período. Os dados, divulgados nesta sexta-feira (28), são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Foram 278.839 ocorrências de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e morte decorrente de intervenção policial no Brasil, de janeiro de 2011 a dezembro de 2015, frente a 256.124 mortes violentas na Síria, entre março de 2011 a dezembro de 2015, de acordo com o Observatório de Direitos Humanos da Síria.

“Enquanto o mundo está discutindo como evitar a tragédia que tem ocorrido em Alepo, em Damasco e várias outras cidades, no Brasil a gente faz de conta que o problema não existe. Ou, no fundo, a gente acha que é um problema é menor. Estamos revelando que a gente teima em não assumi-lo como prioridade nacional”, destacou o diretor-presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima.
:: LEIA MAIS »

Microcefalia matou 25 na Bahia

Com 942 casos notificados até o último domingo, a Bahia é o segundo estado brasileiro em registros de casos de microcefalia. A doença já foi registrada em 158 dos 417 municípios do estado e já causou 25 mortes.

À frente da Bahia está Pernambuco, que já registrou, até a data de divulgação do último Boletim Epidemiológico, pelo Ministério da Saúde, 1.779 casos, com 33 mortes.

Segundo os dados do último boletim Epidemiológico divulgado na manhã de ontem pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), a Bahia registrou, de outubro de 2015 até o dia 12 de março deste ano, 942 casos de microcefalia, com notificações feitas em 158 municípios do estado, s por intermédio do Registro de Eventos em Saúde Pública (RESP). Desses casos, 320 foram investigados com a realização de exame de imagem, sendo 200 confirmados e 120 descartados.

:: LEIA MAIS »

Bahia registra 2 mortes e 10 casos de H1N1

h1n1Em pouco mais de dois meses, duas pessoas morreram com H1N1 na Bahia. Do início deste ano até o dia 3 de março, já são 10 casos notificados da gripe, sendo cinco confirmados. O número está muito acima do registrado no mesmo período de 2015, quando apenas um caso foi registrado, de um paciente vindo de São Paulo. A vacina continua sendo o meio mais eficaz, mas só volta a ser aplicada no mês de abril.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ainda não sabe o motivo do aumento de casos da doença nesse ano, já que os pacientes confirmados não tiveram contato entre eles. Os casos estão sendo estudados. A principal forma de prevenir a doença é a vacina, que é renovada anualmente.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia