dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Paralisação’

Professores da Uesb aprovam paralisação contra o veto do reitor e em defesa da democracia universitária

DSC_0832598419Na assembleia dessa sexta-feira (23), professoras e professores da Uesb demonstraram indignação com o veto do reitor à decisão do Conselho Superior (Consu) sobre a seleção Reda.

A categoria aprovou paralisação das atividades docentes, no dia 7 de março, para ocupação da reunião do Consu. Ficou indicado ainda que, em nova assembleia dia 27, no campus de Itapetinga, seja discutida a possibilidade de que essa paralisação seja antecipada e ocorra por tempo indeterminado.

Também foi encaminhada a publicação de nota pública de repúdio à posição antidemocrática e ingresso com mandado de segurança contra o veto.  :: LEIA MAIS »

Servidores da Uneb param atividades por cinco dias na Bahia

unebOs servidores técnicos administrativos da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) suspenderam as atividades desta segunda-feira (26) até sexta-feira (30), em todos os 29 departamentos da instituição na Bahia, de acordo com Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau do Estado da Bahia (Sintest).

Segundo a categoria, a paralisação deixa os portões fechados e a universidade sem aulas. O G1 não conseguiu contato com a universidade, por meio da assessoria, até a publicação desta reportagem.

O presidente do Sintest, Firmino Júlio de Oliveira Filho, diz que só serão mantidos serviços essenciais, como atendimentos médicos e psicológicos, além de bancas de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

:: LEIA MAIS »

Professores da UESB paralisam atividades e realizam ato público no dia 18 de abril

novo_banner_adusbO governo Rui Costa destinou à UESB em 2017 R$ 15 milhões a menos que o necessário para o seu funcionamento básico. A atitude compromete as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Mais de 200 professores estão com direitos trabalhistas descumpridos e a reposição inflacionária não é paga há dois anos. Para pressionar o Estado a avançar nas negociações, o Fórum das Associações Docentes das Universidades Estaduais da Bahia (Fórum das ADs) realizará ato público no dia 18 de abril em Salvador. Professoras e professores da UESB paralisarão atividades na data.

Conheça a pauta de reivindicações 2017. 

Contingenciamento

Além do orçamento insuficiente, o governo não repassa todo recurso às Instituições. Em 2016, R$ 3,1 milhões não foram pagos e se somaram à dívida referente a despesas de anos anteriores (DEA). Metade do valor das cotas de janeiro, fevereiro e abril também foi contingenciada. A falta de orçamento prejudica a compra de materiais para laboratórios e livros, pagamento de fornecedores, terceirizados e outras despesas.
:: LEIA MAIS »

Abastecimento de Água é totalmente paralisado

embasa-baA Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informa que o abastecimento em Vitória da Conquista encontra-se paralisado neste sábado (03), decorrente de um quebramento, ocorrido na madrugada de hoje, em uma das principais adutoras do Sistema Integrado de Abastecimento de Água do município (SIAA), que também atende à cidade de Belo Campo.

As equipes da Embasa já iniciaram os trabalhos para corrigir o problema e a previsão é que o serviço seja concluído no início da tarde, quando o abastecimento começará a ser retomado gradativamente, com previsão de plena regularização em até 24 horas. :: LEIA MAIS »

Greve continua e bancários se reúnem na próxima segunda (03)

dsc_0580 A greve dos bancários continua em todo o país. Neste 25º dia de paralisação, 80% das agências da base do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região permaneceram sem funcionamento.

A proposta feita pela Fenaban na última quarta-feira, dia 28, não contemplou as necessidades da categoria – nem ao menos a reposição da inflação foi oferecida pelos bancos.

Na próxima segunda-feira (03), uma assembleia será realizada às 15h, na sede do Sindicato, em Vitória da Conquista, para avaliar o movimento grevista e definir os próximos rumos das mobilizações. :: LEIA MAIS »

Professores de universidades estaduais param por 24h nesta terça

uesbOs professores das universidades estaduais da Bahia (Uneb), de Santa Cruz (Uesc) e do Sudoeste Baiano (Uesb) param as atividades por 24h nesta terça-feira, de acordo com as associações de docentes das instituições. Segundo informações dos trabalhadores, apenas na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) as aulas seguem normalmente.

No campus de Vitória da Conquista da Uesb, os professores fazem um protesto na Avenida Olívia Flores, na manhã desta terça, bloqueando a pista e usando faixas.

Segundo a diretora da Associação de Docentes da Uneb (Aduneb), Carolina Maia, a paralisação nas universidades ocorrem em protesto ao “reajuste zero” do servidor público no estado e à redução no orçamento da universidades. De acordo com a diretoria da Aduneb, desde 2012, o governo estadual já cortou R$ 73 milhões de custeio e investimento das universidades estaduais. :: LEIA MAIS »

Policiais civis paralisam as atividades por 48 horas na Bahia

disepOs policiais civis param as atividades por 48 horas a partir desta quinta-feira, 10, na Bahia. A ação faz parte da campanha salarial da categoria, que também pede melhores condições de trabalho.

Durante a paralisação, são mantidos 30% do efetivo para atendimento de serviços emergenciais, como prisão em flagrante, levantamento cadavérico e custódia de presos.

Os policiais pretendem parar novamente nos dias 17 e 18 de março.
ATarde

Comunicado: professoras e professores da UESB vão paralisar suas atividades

youtube_profileA Associação dos Docentes da UESB vem a público informar os motivos que levaram a categoria a aprovar em sua última assembleia, realizada em 3 de dezembro, paralisação das atividades entre os dias 7 e 11 de dezembro. Professoras e professores protestam contra retirada de direitos trabalhistas, crise orçamentária das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) e em defesa de uma permanência estudantil adequada.

A categoria entende a luta como única forma possível de enfrentar a política de desmonte do serviço público e das UEBA, promovida pelo governo Rui Costa (PT) com a conivência dos deputados governistas na Assembleia Legislativa (ALBA).

Direitos trabalhistas

O ano de 2015 foi marcado por ataques aos direitos constituídos do funcionalismo público baiano. Foram aprovadas a criação do PREVBAHIA – regime de previdência complementar que pôs fim à aposentadoria integral dos servidores –, alterações das regras da pensão por morte e mudanças no PLANSERV – diminuição da contribuição do Estado e ampliação da parcela dos trabalhadores. No dia 27 de novembro, o governo enviou à ALBA uma série de projetos de lei, o “pacote de maldades”, que pretende alterar a concessão de férias, licença prêmio, estabilidade econômica e extinguir a licença sabática. :: LEIA MAIS »

Professores e servidores da Uesb e Uesc param atividades por 24 horas

atoprofFuncionários e docentes das universidades estaduais do Sudoeste da Bahia (Uesb) e de Santa Cruz (Uesc) fazem uma paralisação nesta terça-feira (1º), em mobilização por mais recursos para as instituições.

O movimento também é aderido por associações que representam servidores e professores das universidades estaduais da Bahia (Uneb) e de Feira de Santana (Uefs), que não irão parar as atividades, mas participam de um ato na manhã desta terça na Assembleia Legislativa da Bahia.

A vice-presidente da Associação de Docentes da Uesb, Sofia Manzano, disse ao G1 que a paralisação afeta os cerca de 1.110 professores e 500 servidores técnicos da universidade, nos campus de Jequié, Vitória da Conquista e Itapetinga.

“Nós pedimos uma audiência pública e até agora não conseguimos. Então vamos fazer na porta da assembleia a audiência, com aula pública, sobre ajuste fiscal e orçamento das universidades”, afirma. :: LEIA MAIS »

Policiais civis param por 24h nesta sexta-feira em todo o estado

policia-civilOs policiais civis da Bahia param as atividades por 24h, a partir das 8h desta sexta-feira (27), até as 8h de sábado (28).

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindipoc),  30% do efetivo permanecerá trabalhando, no atendimento à prisão em flagrante, levantamento cadavérico e crimes contra a criança e a vida.

O presidente do Sindipoc, Marcos Maurício, disse ao G1 que o sindicato espera adesão de policiais em todas as cidades baianas. “O motivo da paralisação são cinco pautas aprovadas em assembleia: reestruturação salarial, baseada na investigação criminal; promoções conforme a Lei 12.601/2012; reconhecimento do laudo de papiloscopia pelo perito técnico; reforma e construção de unidades da Polícia Civil”, diz.

G1

Servidores técnico-administrativos da Uesb paralisam novamente as atividades

Da Redação

afus

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) vão paralisar as atividades nesta quinta-feira (20).

Desta vez, eles não vão fechar os portões da universidade. Em cada campus, haverá uma programação da categoria para chamar a atenção da população e comunidade acadêmica para as suas reivindicações.

Em Vitória da Conquista e Jequié, os técnicos vão para as ruas. Em Itapetinga, a categoria vai realizar um café da manhã e uma reunião. A programação em Vitória da Conquista começa às 14h, na Avenida Lauro de Freitas.

Servidores da Uesb fazem paralisação e fecham portões da universidade

Da Redação

Os servidores técnico-administrativos da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb) estão com as atividades paralisadas a partir desta segunda-feira (10).

A categoria definiu a paralisação em uma assembleia na última sexta-feira (07). Na programação da paralisação está o fechamento dos portões da universidade nos três campi (Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga) e mobilizações durante a semana.

Os trabalhadores pedem o restabelecimento do pagamento do adicional de insalubridade, ampliação do quantitativo de vagas para promoção funcional e abertura de concursos públicos para o setor, dentre outras reivindicações.

A paralisação vai até a próxima sexta (15).

Servidores da Uesb paralisam atividades nos três campi a partir desta segunda-feira

11857693_986742761376090_1437676874_nEm função do desrespeito e da crise que as Universidades Públicas Estaduais enfrentam, os Servidores Técnico-Administrativos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia informam que interromperão as atividades entre os dias 10 a 14 de Agosto, conforme deliberação por unanimidade da plenária que aconteceu na tarde desta sexta-feira, 07. As interrupções ocorrerão com os portões fechados durante todo o dia, nos três campi da Universidade.

A categoria está desde Abril realizando paralisações, manifestações e assembleias na tentativa de chamar a atenção do Governo do Estado para as principais reivindicações da categoria, que são: :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia