agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘sarampo’

Sarampo: 21 milhões de crianças deixam de ser vacinadas todos os anos

blog-editora-sanar-vacina-hepatite-aEntre 2010 e 2017, 169 milhões de crianças em todo o mundo (média de 21 milhões anuais) não receberam a primeira dose da vacina contra o sarampo, alertou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Para a entidade, o aumento no número de crianças não vacinadas abriu caminho para os surtos de sarampo que atualmente atingem vários países.

A diretora-executiva do Unicef, Henrietta Fore, destacou que o vírus do sarampo sempre encontrará crianças não vacinadas e que é preciso vacinar todas elas, tanto em países ricos como em nações pobres.

“A base para os surtos de sarampo que estamos testemunhando hoje pelo mundo foi estabelecida há anos”, lembrou. :: LEIA MAIS »

Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Desde o início de 2018 até 8 de janeiro de 2019, o Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos da doença: no Amazonas, onde há 9.778 casos e, em Roraima, onde foram contabilizados 355 ocorrências.

Casos isolados foram anotados em São Paulo (3), Rio de Janeiro (19), Rio Grande do Sul (45), Rondônia (2), Bahia (2), Pernambuco (4), Pará (61) e Sergipe (4), além do Distrito Federal (1).

Foram registrados ainda 12 óbitos por sarampo: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará.

Os surtos, segundo o Ministério da Saúde, estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus que circula no Brasil é o mesmo da Venezuela, país com surto da doença desde 2017.

Por meio de nota, o ministério informou que a explosão de casos confirmados no Amazonas é resultado de uma força-tarefa realizada no final de 2018 em Manaus, quando mais de 7 mil casos que estavam em investigação foram concluídos. :: LEIA MAIS »

Brasil pode perder certificado de eliminação do sarampo, alerta Opas

vacina_febre_amarelaO Brasil tem até fevereiro de 2019 para reverter os surtos de sarampo registrados em diversas áreas do país – sob pena de perder o certificado de eliminação da doença, concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) em 2016. O alerta foi feito pela assessora regional de Imunizações da entidade, Lúcia Helena de Oliveira, durante a 20ª Jornada Nacional de Imunizações, no Rio de Janeiro.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, até 24 de setembro, foram confirmados 1.766 casos de sarampo, dos quais 1.367 no Amazonas e 325 em Roraima.

Há ainda, segundo a pasta, quase 8 mil casos em investigação em ambos os estados, além de casos isolados em São Paulo (3), no Rio de Janeiro (18), no Rio Grande do Sul (29), em Rondônia (2), em Pernambuco (4), no Pará (14) e em Sergipe (4). :: LEIA MAIS »

Após caso de sarampo na Bahia, campanha é novamente prorrogada

vacina_febre_amarelaA Campanha de Vacinação contra a Pólio e o Sarampo foi prorrogada pela segunda vez na Bahia. Agora,  a imunização acontecerá até sexta-feira, 21. A decisão foi tomada pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) na manhã desta segunda-feira, 17, uma vez que o estado está próximo de atingir a meta de 95% de crianças entre um e menores de cinco anos imunizadas.

A prorrogação acontece após ser confirmado, na última sexta-feira, 14, um caso de sarampo em Ilhéus, no sul do estado. Trata-se de um amazonense de 38 anos que viajou de Manaus para a cidade baiana já com a doença, segundo a Sesab. Ele chegou em Ilhéus em agosto e passou por exames, até a confirmação de que ele foi infectado pela doença.

Com o novo prazo, a orientação da Sesab é que os municípios que ainda não atingiram a meta deem continuidade à vacinação, conforme orientações técnicas já estabelecidas.

“Além disso, a confirmação do caso importado de sarampo, no município de Ilhéus, reforçou a necessidade de ampliar o prazo para que aqueles que não levaram as crianças para vacinar, possam fazer isso dentro do novo prazo”, esclareceu o coordenador do programa Estadual de Imunização, Ramon Saavedra. :: LEIA MAIS »

Vacinação: campanha contra pólio e sarampo termina hoje

OndinaA Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo termina hoje (14) em todo o país. De acordo com os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, cerca de 800 mil crianças ainda não tomaram as vacinas contra as duas doenças. Todas as crianças de 1 ano a menores de 5 anos devem se vacinar independentemente da situação vacinal.

Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% para sarampo e 95,44% para poliomielite. A maior preocupação do Ministério da Saúde é com a faixa de 1 ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%.

No total, mais de 10 milhões de crianças foram vacinadas com mais de 22 milhões de doses. A média nacional de cobertura de vacinação em sarampo está em 94,7% e em poliomielite, 93,6%.

O sarampo e a poliomielite são doenças infectocontagiosas que podem resultar em complicações graves para as crianças, podendo levar até a morte. :: LEIA MAIS »

Imunização das crianças contra sarampo e poliomielite ainda é baixa no Estado

vacinaçãoA campanha contra o sarampo e a poliomielite, que começou no último dia 6 de agosto, se encerra no dia 31 deste mês. Devem ser vacinadas crianças de um ano a menos de cinco anos (4 anos 11 meses e 29 dias).

A Secretaria da Saúde do Estado (SESAB) informa que, até o momento, foram imunizadas 370.991 crianças contra a pólio e 372.501 crianças contra o sarampo. Este total, que é de 743.492 crianças, dá um percentual de 43,79%, sendo ainda considerado baixo. A população alvo a ser vacinada, tanto para polio como para sarampo, na Bahia, é de 849.361 para cada vacina. A meta da SESAB é vacinar 95% dessa população.

No sábado (18), D de Mobilização Nacional, a vacinação foi realizada nos 417 municípios baianos. Para a campanha deste ano, o Ministério da Saúde enviou para a Bahia 2,1 milhões de doses das duas vacinas. Dados registrados pelo órgão federal apontam que, no Estado, apenas 16 municípios estão com 80% de cobertura. Já 120 cidades estão entre 50 e 80%.

Com cobertura abaixo de 50%, são 200 municípios. Além disso, 63 municípios têm menos de 50% da cobertura vacinal para a poliomielite em crianças menores de um ano. Apenas dois municípios ainda não colocaram suas informações no sistema: Caravelas e Coronel João Sá. :: LEIA MAIS »

Campanha de Vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda

vacinacao

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa nesta segunda-feira (6) em todo o país. A meta é imunizar mais de 11 milhões de crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos, público mais suscetível a complicações de ambas as doenças. O Dia D de Mobilização Nacional foi agendado para 18 de agosto, um sábado, mas a campanha segue até o dia 31 de agosto.
De acordo com o Ministério da Saúde, foram adquiridas 28,3 milhões de doses de ambas as vacinas – um total de R$ 160,7 milhões. Todos os estados, segundo a pasta, já estão abastecidos com 871,3 mil doses da Vacina Inativadas Poliomielite (VIP), 14 milhões da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 13,4 milhões da Tríplice Viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, todas as crianças dentro da faixa etária estabelecida serão imunizadas – mesmo as que já estão com o esquema vacinal completo. Neste caso, a criança vai receber um outro reforço. A campanha ocorre em meio a pelo menos dois surtos de sarampo no Brasil, em Roraima e no Amazonas. No caso da pólio, 312 municípios registram baixas taxas de cobertura vacinal contra a doença. :: LEIA MAIS »

Conquista: Campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil é antecipada

Da Redação

vacina polio sarampo

A Campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil foi antecipada em Vitória da Conquista e já está acontecendo nas unidades de saúde.

Devem se vacinar as crianças a partir de 1 ano e menores de 5 anos de idade contra as duas doenças. A Campanha nacional começa no dia 6 de agosto, sendo o Dia D em 18 de agosto.

Para imunizar os filhos, os pais devem levá-los nos postos com a carteira de vacinação.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia