outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Violência Doméstica’

Projeto prioriza matrícula de filhos de mulheres vítimas de violência

violencia_domestica_marcos_santos_uspO plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (19) o projeto de lei que estabelece prioridade em centros de educação infantil a filhos de mulher que sofre violência doméstica. A matéria segue para análise do Senado.

Segundo o texto da relatora, deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), o juiz poderá determinar a matrícula dos dependentes da vítima em instituição de educação básica mais próxima do seu domicílio, independentemente da existência de vaga.

Para a autoria da proposta, Geovania de Sá (PSDB-SC), as matrículas não podem ser negadas “no momento em que mais a vítima necessita”. “Não raras vezes, a mulher que é vítima de violência doméstica não pode matricular seus filhos na escola mais próxima de sua residência. Nesses casos, ter prioridade para escolher o local mais adequado para que seus filhos possam estudar é muito importante e deve compor o rol de medidas emergenciais a que essas pessoas têm direito”, afirmou a parlamentar na justificativa do projeto de lei. :: LEIA MAIS »

‘Quero que ele encontre a paz’, diz mulher que pulou de janela após ser feita refém pelo ex-marido na Bahia

janela-pulaA mulher que foi feita refém dentro de casa pelo ex-marido na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, na quarta-feira (15), disse que se surpreendeu com a atitude dele, que não aceitava o fim do relacionamento de 20 anos do casal.

Marilene de Jesus Santos se libertou depois de mais de duas horas, após pular a janela de casa, em uma altura de quatro a cinco metros. “Quero que ele encontre a paz”, falou a mulher, pelo telefone, para a reportagem da TV Santa Cruz. O casal estava separado há algum tempo e continuava convivendo na mesma casa.

O ex-marido dela, Cássio Oliveira Góes, de 37 anos, foi preso após se entregar à polícia e encaminhado ao Conjunto Penal de Vitória da Conquista.

:: LEIA MAIS »

“Covarde”: homem se entrega após fazer família refém ; ele foi hostilizado por populares

 

Foto: Blitz Conquista

Foto: Blitz Conquista

Cássio Oliveira Góes manteve sua ex-esposa e filhas, de 4 e 14 anos, reféns por mais de duas horas, na tarde dessa quarta-feira (15), no interior da casa da família, localizada na Av. Alagoas, bairro Santa Helena, zona oeste de Vitória da Conquista.

A polícia foi chamada por vizinhos que ouviram gritos das vítimas. Minutos depois da chegada dor primeiros policiais, as filhas foram libertadas. A mais velha apresentava um corte no braço. Ao tentar defender sua mãe a garota entrou em luta corporal com o pai.

Mais de duas horas depois do início do cárcere, a refém aproveitou de um descuido do ex-marido e pulou a janela do primeiro andar. :: LEIA MAIS »

Homem mata ex-companheira a pauladas por não se conformar com fim de relacionamento

PoliciaUma jovem de 21 anos foi morta a pauladas, no último domingo (27), na cidade de Jaguarari, norte da Bahia. O ex-companheiro de Graciela de Souza Dias foi preso horas após o crime e confessou ter matado a jovem por não se conformar com o fim do relacionamento.

Em nota, a Polícia Civil informou que por volta das 2h da manhã de domingo, tomou conhecimento que havia acontecido um homicídio na Rua do Campo. Policiais foram ao local e constataram o fato. Segundo Felipe Néri da Silva Neto, coordenador regional de Polícia Civil de Senhor do Bonfim, a 25 quilômetros de Jaguarari, e para quem a delegacia de Jaguarari responde, o suspeito utilizou um pedaço de madeira para atacar a vítima.

Durante as investigações, foi descoberto que havia uma testemunha ocular do fato. Em depoimento, a testemunha identificada pelo prenome Erick negou que o autor fosse o ex-companheiro da vítima.

:: LEIA MAIS »

Primeira edição do PROTAGONISTAS abordará o empoderamento feminino e a violência contra a mulher

Protagonista divulgaçãoEmpoderamento Feminino e Violência Contra a Mulher serão os temas abordados na primeira edição do PROTAGONISTAS, no dia 09 de agosto, em Vitória da Conquista.

A Jornalista, Youtuber e parceira no Programa Encontro, da Rede Globo, MAÍRA AZEVEDO – também conhecida como Tia Má-, discutirá o Empoderamento Feminino na atual realidade. Já o debate sobre a Violência Contra a Mulher ser palestrado pela Psicóloga e Mestre IVANA PATRÍCIA.

Além da troca de experiências e aprendizados, o evento também contará com boa música. A artista Jeanna Lopes será a responsável pelo delicioso momento de voz e violão. :: LEIA MAIS »

Delegacia do interior baiano é selecionada pelo Prêmio Innovare

utinga-delegacia-bahia_1565164O objetivo da Seleção Pública é premiar projetos sociais que promovam benefícios ao Sistema Judiciário Brasileiro. Segundo informações do SINDPOC, essa é a primeira delegacia a ser selecionada na premiação
O Prêmio Innovare, promovido pela Fundação Roberto Marinho e o Conselho Nacional de Justiça, selecionaram na categoria “Justiça e Cidadania” o Projeto Social ” Apoio ao Conselho Tutelar e Ministério Público”,  inscrito pela Delegacia Territorial de Utinga, que pertence a 12° Coordenadoria de Itaberaba, município baiano localizado na região próxima à Chapada Diamantina.
A Comissária Julgadora do Prêmio Innovare é composta por ministros do Supremo Tribunal Federal, STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores e advogados. O Instituto Innovare tem a finalidade de premiar ações do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e de advogados que contribuam para a efetividade e democratização do Sistema Judiciário Brasileiro.
O investigador Assis Castro de Oliveira, da Delegacia de Utinga, autor do projeto que foi selecionado pela Innovare, explica que a iniciativa, desde 2015, acompanha os casos de  denúncias que envolvem crimes de violência doméstica e abusos de incapazes( crianças, adolescentes, deficientes físicos e idosos) nos distritos e povoados da região de Utaberaba.

Homem é preso pela 77ªCIPM após agredir esposa e quebrar móveis em Conquista.

77Um homem de 37 anos foi preso após agredir a esposa, de 40 anos, e quebrar móveis no interior de sua residência, na manhã deste domingo (22), em Vitória da Conquista.

A mulher alegou que estava em casa, localizada no bairro Vila Elisa, quando o marido chegou transtornado e a agrediu com socos. Além disso, segundo a vítima, ele quebrou todos os móveis, além de parte do muro da residência. :: LEIA MAIS »

‘Foi a glória’, diz Maria da Penha sobre criação da lei há 10 anos

maria-da-penha“Eu me casei na década de 70. A minha primeira filha nasceu em São Paulo e, as outras duas aqui, em Fortaleza. Com o nascimento dos nossos filhos, meu ex-marido, que é estrangeiro, conseguiu a naturalização dele. Foi aí que ele mudou totalmente a maneira de ser. Tornou-se uma pessoa super agressiva, inclusive com as próprias filhas. Era mais violência psicológica no início, de ficar falando coisa.

Eu queria a separação e ele não aceitava. Eu também não investi em separação litigiosa porque essa minha história aconteceu na época em que estavam em destaque casos de mulheres que eram assassinadas porque não queriam continuar seus relacionamentos. Então eu coloquei minhas barbas de molho e não pensei em uma separação com medo exatamente do chavão “eu amava demais, não aguentei a separação e, num momento de desespero, cometi um crime”. E eu achava que isso era possível.

Um dia, ele tinha chegado de viagem de tarde, e nós tínhamos um compromisso com uma amiga. Nós saímos pra fazer essa visita, voltamos, arrumei as crianças na cama e fui dormir. Eu acordei com um estampido dentro do quarto. Eu fui me mexer e não consegui, então eu pensei: “puxa, o Marco me matou”. :: LEIA MAIS »

Corpo de Jéssica agredida por namorado é velado em Itapetinga

jessica2Corpo da jovem Jéssica Nascimento, 21 anos, que morreu após ser agredida pelo namorado na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, é velado em uma capela no centro da cidade de Itapetinga, onde a família mora, na manhã desta quinta-feira (12). Familiares e amigos se despedem da jovem no local desde o início da tarde de quarta-feira (11). O corpo de Jéssica será enterrado às 16h desta quinta, no Cemitério Parque da Eternidade.

Jéssica morreu na terça-feira (10) após duas semanas internada em coma induzido na UTI do Hospital de Base de Vitória da Conquista. Segundo informações da unidade de saúde, Jéssica teve falência de múltiplos órgãos.

Na terça-feira, a mãe da jovem Jéssica Nascimento falou sobre a situação que a garota estava e sobre o medo de perder a filha por conta do estado de saúde delicado. “Eu entrei no hospital, lá na UTI, eu não consegui encostar de junto dela. Quando eu vi aquela cena, eu saí num desespero, chorando, com medo de perder a minha filha”, disse Jeane Augusta Silva. :: LEIA MAIS »

Luto em conquista: Morre Jéssica Nascimento

12742077_765428083589859_8502636975763099438_n

Faleceu na tarde de hoje (10), Jessica Nascimento, de 21 anos. Segundo informações preliminares, a causa da morte dela foi falência múltipla dos órgãos. A jovem estava em coma induzido há 15 dias após ter sido espancada pelo namorado, em Vitória da Conquista, sudoeste baiano.

Jéssica havia apresentado sinais de melhora na sexta-feira (6). Segundo a família, a jovem chegou a abrir os olhos e balbuciar algumas palavras, após os médicos fazerem uma tentativa de diminuir o uso de sedativos, mas a paciente voltou ao coma induzido por conta das febres e pressão alta.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia