Editorias
Busca por data
abril 2014
D S T Q Q S S
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Arquivos

Com a tag ‘violência’

Senado aprova projetos que tratam de violência contra a mulher

Quatro projetos de lei que resultaram da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra a Mulher foram aprovados hoje (29) no plenário do Senado. As proposições visam a aumentar a rede de proteção às mulheres e o rigor na punição aos agressores. Os projetos seguem agora para a Câmara.

Um dos projetos aprovados é o que tipifica como tortura “a submissão de alguém à situação de violência doméstica e familiar, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental como forma de exercer domínio”.

Na parte de proteção às vítimas de violência de gênero, foi aprovado projeto que concede às mulheres benefício temporário da Previdência Social como forma de auxílio decorrente de risco social provocado por violência doméstica. E o que impõe maior celeridade na análise de pedidos de prisão preventiva contra agressores, de modo a evitar o agravamento da violência. •| Leia a matéria completa »

Por violência, Fifa negocia para seleções ficarem na Copa das Confederações

Os protestos nas ruas das cidades brasileiras  exigem que a Fifa passe a negociar com seleções para que se mantenham na Copa das Confederações. Por lei, a falta de garantias de segurança pode fazer o torneio ser cancelado.

Isso é o que está estipulado na Lei Geral da Copa e que permite que, se o país sede não der sinais de que tem como garantir a segurança de delegações e torcedores, além de funcionários da Fifa, o evento pode ser simplesmente suspendido. Nesse caso, um seguro bilionário seria acionado.

Ao Estado, a assessoria de imprensa da Fifa garante que o debate do cancelamento da Copa não ocorreu por enquanto e que essa possibilidade não foi debatida entre a entidade e os organizadores da competição. O Comitê Organizador Local também insistiu que, até as reuniões do final do dia de quinta-feira, essa possibilidade não foi colocada sobre a mesa. •| Leia a matéria completa »

ONU apela para que Brasil garanta manifestações pacíficas e investigue denúncias de violência e arbitrariedade

A Organização das Nações Unidas (ONU), por intermédio do escritório de direitos humanos da entidade, defendeu que o governo do Brasil adote as medidas necessárias para garantir a liberdade às manifestações no país. Em comunicado, o escritório recomendou a busca pelo diálogo, o fim da violência na repressão aos protestos e investigações sobre os casos de arbitrariedade.

O porta-voz do escritório de direitos humanos das Nações Unidas, Rupert Colville, elogiou a presidenta Dilma Rousseff por demonstrar compreender os anseios da sociedade. “Parabenizamos a declaração da presidenta Dilma Rousseff ao afirmar que as manifestações pacíficas são legítimas, bem como o acordo na segunda-feira [17] para que a polícia de São Paulo não use balas de borracha”, disse ele.

Porém, Colville disse estar preocupado com os relatos enviados ao escritório das Nações Unidas. Segundo ele, há relatos sobre danos, ferimentos, prisões e detenções e arbitrariedades. “Algumas organizações da sociedade civil têm também denunciado a arbitrariedade de algumas dessas detenções”, ressaltou ele, em entrevista coletiva, concedida em Genebra, na Suíça. •| Leia a matéria completa »

Mulher é abusada com cano de arma, baleada e queimada na Bahia

Uma mulher de 46 anos morreu e a mãe dela, de 65 anos, foi ferida com um tiro, vítimas de um crime bárbaro ocorrido na noite de sexta-feira (26), na zona rural da cidade de Muritiba, distante 110 km de Salvador.

Homens armados entraram na casa da família, que fica dentro de um sítio, consumiram bebidas alcóolicas e violentaram a filha da senhora com cano de uma espinguarda municiada, segundo a Polícia Militar. Logo seguida, eles atiraram contra a nuca na vítima e queimaram o seu tórax e o braço direito. A mãe, que ficou ferida na mão, assistiu todo o crime, informou a polícia.

“Toda a população está comovida. Ficamos muito assustados com os requintes de crueldade. Segundo as primeiras informações colhidas com vizinhos, eles entraram na residência desde as 19h. Fizeram uma farra, ficaram um bom tempo por lá. Nós fomos acionados às 22h15, após os disparos. Antes, a população não viu nada demais, não maldaram”, conta o subtenente Nailson Carvalho, da 27ª Companhia da Polícia Militar (CIPM).
•| Leia a matéria completa »

Doenças cerebrais e violência lideram mortes com causa definida na Bahia

Em 21 de outubro do ano passado, o pedreiro Cícero Amorim Pereira, 58 anos, era um homem vivo. De madrugada, começou a sentir os sintomas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

•| Leia a matéria completa »

Bahia registra 180 assassinatos nos 12 dias de greve de PMs

A Secretaria de Segurança da Bahia registrou 180 homicídios durante os 12 dias de greve da polícia militar no estado, uma média de 15 mortes por dia.

O balanço levou em consideração os dados registrados até as 21h de sábado, logo depois da assembleia realizada no Ginásio do Sindicato dos Bancários, no centro de Salvador, que pôs fim ao movimento.

Durante a paralisação, 402 veículos foram roubados. Apesar do fim da greve, na manhã deste domingo, vários veículos do Exército e soldados das Forças Armadas ainda podiam ser vistos circulando pelas ruas de Salvador.

O comando da greve dos policiais militares da Bahia informou em nota divulgada no fim da noite de sábado que, apesar de não terem as reivindicações atendidas, consideram o movimento vitorioso por ter mostrado a insatisfação da categoria com os baixos salários e o tratamento dado pelo governo baiano.

•| Leia a matéria completa »

Marcha das Vadias denuncia violência contra a mulher em Itabuna

A população de Itabuna foi convocada para participar, neste sábado,8, a partir das 10 horas, da Marcha das Vadias, um protesto que reúne movimentos sociais e de estudantes e vai percorrer as ruas centrais da cidade, com o objetivo de alertar contra todas as formas de violência contra a mulher.

A marcha é também uma denúncia contra a “culpabilizacão da mulher vítima de violência”, diz a professora da Uneb, Daniela Galdino. Segundo ela, ainda é preciso fazer um movimento com bandeiras tão semelhantes às que foram levantadas 40 anos atrás (pelo movimento feminista), mas é impossível ignorar os 1.305 casos de violência registrados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Itabuna, de janeiro até o último dia 3 de outubro.

“Esse é um dado alarmante, especialmente num município com pouco mais de 200 mil habitantes”, destaca Daniela, uma das organizadoras da marcha. A também professora Indaiara Silva diz que o nome da marcha é uma provocação, para devolver à sociedade um preconceito que ela mesma construiu e iniciar uma discussão sobre o machismo como ideologia dentro de um sistema de opressão. “A sociedade estimula a erotização, vincula a mulher como objeto sexual e muitas acabam vítimas desse processo”, diz.
•| Leia a matéria completa »

Cinco homens são mortos após confronto em Jânio Quadros (BA)

Cinco homens foram mortos em confronto com policiais em Presidente Jânio Quadros, município a 639 Km de Salvador. De acordo com a polícia, os homens faziam parte de uma quadrilha e se preparavam para assaltar a agência bancária, a casa lotérica e um banco de Condeúba, cidade próxima a Jânio Quadros, a 660 Km da capital.

A polícia chegou aos homens a partir de uma denúncia anônima e fizeram a abordagem na entrada da cidade de Jânio Quadros, onde houve a troca de tiros. Os cinco assaltantes morreram no local e os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Vitória da Conquista. Segundo a polícia, com a quadrilha, foram encontrados quatro coletes à prova de balas, três pistolas automáticas, um fuzil, uma espingarda do tipo carabina, explosivos e dez algemas plásticas.

A suspeita é de que a quadrilha seja maior e agentes iniciaram buscas na região na tentativa de localizar outros envolvidos.
G1

Vitória da Conquista realiza I Seminário de Combate à Violência Doméstica e Sexual

Por Poliana Bomfim

Nas próximas segunda e terça-feira (21 e 22), haverá em Vitória da Conquista o I Seminário de Combate à Violência Doméstica e Sexual, a ser realizado no CEMAE, Avenida Olívia Flores.

No evento, será discutida a importância da notificação dos casos de violência doméstica e sexual em mulheres por parte dos órgãos pertencentes à rede de combate à violência.

Além disso, o Seminário visa discutir os avanços e desafios na estruturação dessa rede no município.

Clique aqui para ver a programação do evento.

Violência: 22 assassinatos em Vitória da Conquista em 2011

Por Diêgo Gomes

A violência em Vitória da Conquista continua assustando os moradores da cidade, mas em menor escala, se comparado com os números do ano passado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, nos 50 primeiros dias do ano, foram assassinadas 22 pessoas na cidade, 13 delas em janeiro e o restante entre 1º a 20 de fevereiro.

Se comparado com 2010, o números é praticamente 50% menor, pois nos dois primeiros meses do ano passado foram assassinadas 40 pessoas, pelo menos dez dessas mortes acontecidas na onda de assassinatos após a morte de um policial militar no final do mês de janeiro (relembre o fato).

Sede de jornal mexicano é fuzilada em Acapulco

Homens armados dispararam contra as instalações de um jornal de Acapulco (sul do México), que vive uma onda de violência atribuída ao narcotráfico, sem deixar feridos, informou nesta quinta-feira, 11, a polícia.

Na noite de quarta-feira, “as instalações do jornal ‘El Sur’ foram agredidas, e apresentam várias marcas de projéteis de armas de fogo na fachada”, explicou a secretaria de Segurança Pública do estado de Guerrero, onde fica Acapulco.

“Ninguém ficou ferido” no ataque, cujos motivos são desconhecidos, segundo a mesma fonte.

O jornal nacional Reforma publicou em sua versão online que, no momento do ataque, havia ainda funcionários na sede do diário, e que os agressores chegaram a jogar gasolina em uma parte do prédio, mas não tiveram tempo de atear fogo.
•| Leia a matéria completa »

Após crise na segurança pública, Ronda nos Bairros chega a Conquista

Por Diêgo Gomes

Vitória da Conquista. Uma das cidades com maior número de assassinatos na Bahia segundo os dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia recebe amanhã, quarta-feira (01), a partir das 9h30 da manhã, o progama Ronda nos Bairros.

A cidade será a quarta do estado a contar com o serviço: Salvador, Feira de Santana e Itabuna, respectivamente foram as três que foram beneficiadas pelo programa, que tem o policiamento 24 horas por dia e com viaturas padronizadas.

Dados - Segundo matéria publicada pelo informativo eletrônico da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) no mês de agosto com dados fornecidos pela SSP, entre 2007 e 2009 a taxa de homicídios dolosos passou de 98 mortos para 170 assassinatos.

CIPM - A cidade foi dividida em duas Companhias Independetes de Policiamento. A 77ª CIPM (telefones 3420-8801/ 8802) que abrangerá uma área de 40.000 Habitantes dos bairros Guarani, Pedrinhas e Alto Maron. Vão ser disponibilizados 32 policiais militares para essa companhia. Já a 78ª CIPM (telefones 3420-8803 / 8804) vai cobrir uma área de 83.000 habitantes subdivididos em dois setores. O primeiro para os bairros Brasil, Bateias e Urbis (I, II e V) e, no Setor 2, com abrangência nos bairros Patagônia, Conveima, Conjunto da Vitória e Kadija com o contingente de 40 policiais.

Brasil ganharia US$ 101 bilhões anuais sem violência interna, diz instituto

O fim da violência dentro do Brasil poderia gerar um adicional de pouco mais de US$ 101 bilhões anuais à economia do país, indica uma análise do Instituto para Economia e Paz, baseado na Austrália.

O instituto, que publica anualmente um Índice Global de Paz (IGP), medindo indicadores de segurança e violência no mundo, coloca o Brasil em 83º lugar em um ranking de 149 países (os primeiros do ranking são considerados os países mais pacíficos).

A criminalidade, o número de homicídios, a percepção da violência pela sociedade, a facilidade de acesso a armas de fogo e o nível de respeito aos direitos humanos são apontados como os principais pontos negativos do país entre os mais de 20 indicadores analisados para o índice.

Em uma pontuação que vai de 1 (mais pacífico) a 5 (menos pacífico), o Brasil teve 2,048 neste ano, numa leve piora em relação ao ano passado, quando teve um índice de 2,022. Ainda assim, o país subiu duas posições no ranking em relação a 2009.
BBCBrasil

Vitória da Conquista: Fotos da noite de terror

Por Diêgo Gomes

Conforme divulgamos pela manhã dois homens foram mortos no bairro Coveima 2. O nosso site conseguiu algumas fotos dos assassinados, mas preferimos divulgar apenas duas delas. As outras são imagens fortes e infelizmente não podemos colocar no ar.

Tentativa de assassinato – Além dos dois homens mortos no Coveima 2, outros dois homicídios foram confirmados pela Polícia e um estudante de 19 anos, Lucas Oliveira Almeida, sofreu uma tentativa de assassinato. Ele levou oito tiros em frente a Escola Alaor Coutinho e está internado no Hospital de Base de Vitória da Conquista. O estado de saúde de Lucas é grave.

Tensão e toque de recolher em Vitória da Conquista

A comunidade do bairro Alto da Colina, periferia de Vitória da Conquista (a 509 km de Salvador), no sudoeste baiano, está assustada com o crescimento da violência no local. Moradores afirmam que a situação piorou depois do assassinato do soldado da Polícia Militar Marcelo Márcio Silva Lima, 32, no último dia 28 de janeiro.

O crime, outras 14 mortes e três desaparecimentos – ocorridos em seguida e que teriam relação com a morte do policial – são investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco), do Ministério Público.

Os moradores contam que se tornou cada vez mais comum a ocorrência de tiroteios no bairro a qualquer hora do dia. O clima é tenso. Muitas pessoas preferem não comentar sobre a onda de violência no bairro. As famílias vivem uma espécie de toque de recolher não oficializado no local. “É difícil ver gente nas ruas depois das 6 da tarde. Ninguém sai à noite. As pessoas se trancam dentro de casa”, disse a dona de casa M.S.A., 45.
•| Leia a matéria completa »

Professores discutem medidas para melhorar segurança nas escolas

A série de casos de violência em escolas públicas da Bahia levou professores e representantes da Secretaria da Educação a discutir medidas para melhorar a segurança.

O comando da ronda escolar e a direção da escola onde um professor foi esfaqueado na semana passada, defendem o uso de detectores de metal. Pela manhã, teve manifestação de alunos e professores.

A caminhada pelas ruas do bairro de Cajazeiras foi para pedir o fim da violência nas escolas. Foram vários casos na última semana.

Em Vitória da Conquista, um professor foi ameaçado de morte por um aluno. Em um colégio de Salvador, um estudante foi baleado no pátio. Já no Colégio Estadual Edvaldo Brandão Correa, um aluno de 15 anos agrediu o professor de artes com uma facada no pescoço.

•| Leia a matéria completa »

Páginas: 1 2 Próximo
customisable counter